2 eventos ao vivo

Diretor da McLaren analisa momento e evolução da equipe na temporada

20 abr 2019
12h07
  • separator
  • 0
  • comentários

A McLaren vem sofrendo nos últimos anos da Fórmula 1, sem conseguir ter um carro competitivo na categoria e perder grande parte da expressividade que seu nome carrega. Em 2019, após três corridas, a construtora já soma seus primeiros pontos e mostra uma leve evolução, com os pilotos Carlos Sainz e Lando Norris. O diretor esportivo, Gil de Ferran comentou que a melhora é sentida, mas que não há empolgação ainda.

"Este carro é um passo à frente, mas não temos ilusões. Sabemos que há muito trabalho pela frente. A mentalidade não mudou: ainda há um longo caminho", disse o brasileiro, que viu o carro cair de desempenho na China, no último GP.

Pensando em melhorar e ultrapassar equipes, de Ferran só foca na evolução e desempenho da McLaren. "Nosso objetivo é continuar subindo, independentemente de quem esteja à frente. Alguns gostam de se concentrar em um 'inimigo', mas não penso assim. Podemos controlar apenas o que nós fazemos e é nisso que precisamos avançar. Não há descanso até estarmos no topo", declarou o diretor.

Por fim, o brasileiro reforçou que o trabalho na equipe é feito pensando em melhroas aos poucos, sem crias expectativas acima do possível. "Mas vamos passo a passo, tentando maximizar todas as situações. Estamos muito focados em melhorar o carro um pouco de cada vez. Não sabemos a situação dos outros. É claro que você tenta ter uma ideia, mas nunca sabe ao certo. Mas não podemos ficar parados e sabemos que temos que seguir em frente, abordando nossas fraquezas e desenvolvendo o carro", completou Gil.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade