PUBLICIDADE

Diretor da F1 se empolga com disputa e diz que duelos com Alonso "são duros, mas justos"

Ross Brawn celebrou disputa entre Lewis Hamilton e Fernando Alonso no GP da Hungria e parabenizou atitude justa do espanhol ao se defender das investidas do heptacampeão

2 ago 2021 14h29
| atualizado às 16h11
ver comentários
Publicidade
Lewis Hamilton e e Fernando Alonso em duelo de titãs na F1
Lewis Hamilton e e Fernando Alonso em duelo de titãs na F1
Foto: F1/Twitter / Grande Prêmio

Ross Brawn, diretor esportivo da Fórmula 1, se mostrou encantado com a disputa travada entre Lewis Hamilton e Fernando Alonso no Hungaroring, palco do caótico GP da Hungria. Além da batalha dos campeões, Brawn elogiou a postura do estreante Mick Schumacher, que duelou contra Max Verstappen na corrida.

Em sua coluna no site oficial da Fórmula 1, Brawn aprovou que Alonso tenha sido agraciado o prêmio de 'Piloto do dia', e aproveitou para elogiar o desempenho da Alpine como um todo, que ainda contou com Esteban Ocon vencendo a corrida.

"Tivemos muitas atuações geniais no Hungaroring. Mick Schumacher teve uma condução fantástica, batalhadora e justa, na defesa contra Max Verstappen, em um carro que era muito longe de ter um desempenho impressionante", relembrou Brawn.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ross Brawn celebrou disputa entre Fernando Alonso e Lewis Hamilton
Ross Brawn celebrou disputa entre Fernando Alonso e Lewis Hamilton
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

"Logo apareceu a batalha entre Fernando e Lewis. Fico feliz que o Fernando foi o piloto do dia, pois quero dar a ele meu voto. Teve um grande rendimento. Um dos pilotos da Alpine levaria o prêmio e, provavelmente, ele passou do Esteban para Alonso com esta batalha", disse.

Ainda animado por conta da disputa que marcou o fim da prova, Brawn voltou a rasgar elogios ao estilo de pilotagem do bicampeão da categoria e elogiou a postura de Alonso, que na visão do diretor foi sempre "duro e justo" com Hamilton na defesa da posição.

"O que se vê quando o Fernando está na Fórmula 1 são batalhas incrivelmente duras, mas sempre se sabe que ele será justo. Sei que Lewis estava reclamando um pouco por conta da defesa de Fernando, mas não vi nenhum problema. Fernando foi duro e justo. Sempre deixou espaço suficiente, que é o certo a se fazer", afirmou.

Por fim, o diretor projetou uma segunda metade de temporada intensa na Fórmula 1, que retorna apenas no fim do mês com o GP da Bélgica. "Foi uma batalha brilhante. Projetou o que está por vir na segunda metade da temporada", concluiu Brawn.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade