0

Com Sainz, Leclerc e Schumacher, Ferrari promove semana de testes em Fiorano

Entre segunda e sexta-feira da próxima semana, a Ferrari vai levar seus titulares e os jovens da Academia para testes a bordo do carro de 2018, a SF71H. Carlos Sainz vai fazer seu debute em um carro de Fórmula 1 da escuderia de Maranello na quarta, retomando as atividades na quinta-feira. Mick Schumacher, titular da Haas, também vai participar da bateria de testes

23 jan 2021
12h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Illot, Shwartzman e Schumacher com a SF71H. O trio vai voltar a guiar o carro nesta próxima semana
Illot, Shwartzman e Schumacher com a SF71H. O trio vai voltar a guiar o carro nesta próxima semana
Foto: Ferrari / Grande Prêmio

A Ferrari vai abrir os seus trabalhos de pista em 2021 com sete pilotos e cinco dias de testes no circuito particular de Fiorano, na Itália, na semana que vem. Carlos Sainz, novo contratado da escuderia de Maranello, vai ter a primeira chance de pilotar um carro da mais tradicional equipe do Mundial de Fórmula 1 na próxima quarta-feira (27) e também na manhã de quinta-feira, mas não será o único. Charles Leclerc, depois de ter testado positivo para Covid-19, vai voltar ao volante, assim com outros cinco jovens da Academia da Ferrari, entre eles Mick Schumacher, novo titular da Haas na F1. Todos vão pilotar a SF71H, o carro da Ferrari em 2018.

Quem vai abrir os testes da semana que vem, contudo, é um piloto que jamais guiou um carro de F1, embora seja filho de um ex-piloto da categoria e vencedor de corrida com a Ferrari. Giuliano Alesi, herdeiro de Jean Alesi, dono da vitória no GP do Canadá de 1995, vai acelerar em Fiorano na segunda-feira, sendo seguido, no mesmo dia, pelo neozelandês Marcus Armstrong.

A Ferrari está preparada para o primeiro teste com Sainz (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O piloto, que nesta última semana foi confirmado pela Dams para a temporada 2021 da Fórmula 2, vai ser sucedido por Robert Shwartzman, que segue com a Prema na categoria de acesso nesta nova temporada e que teve a chance de pilotar o carro de 2020 da Ferrari na sessão de testes para jovens pilotos em Abu Dhabi.

A terça-feira, dia 26, está reservada para Charles Leclerc, que vai voltar ao volante de um carro de Fórmula 1 pouco mais de um mês depois da disputa do GP de Abu Dhabi, em 13 de dezembro do último ano.

O monegasco vai dar lugar a Sainz no dia seguinte. O espanhol, contratado no ano passado para substituir Sebastian Vettel, terá a missão de guiar a SF71H na quarta e na quinta. O maior tempo disponível serve para que Carlos possa se ambientar de forma mais rápida ao método de trabalho dos mecânicos e engenheiros da equipe italiana.

Diferente de outros pilotos que trocaram de equipe nesta temporada, como Daniel Ricciardo, que vai ocupar o lugar deixado por Sainz na McLaren, e Vettel, novo piloto da Aston Martin, Sainz terá uma rara chance de testar antes da sessão de pré-temporada, entre 12 e 14 de março, no Bahrein.

Já os protagonistas da temporada 2020 da Fórmula 2 vão concluir os trabalhos em Fiorano na sexta-feira. Mick Schumacher vai pilotar pela manhã no circuito italiano, enquanto Callum Ilott, nomeado como novo piloto de testes da Ferrari, encerra a bateria de testes na próxima sexta-feira.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade