0

Chefão da Red Bull fecha as portas para Vettel e propõe aposentadoria

22 mai 2020
10h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Desde o anúncio da saída de Sebastian Vettel da Ferrari a partir da próxima temporada, muitos rumores se criaram sobre o futuro do piloto. Para Helmut Marko, um dos chefes da Red Bull, a melhor decisão para o alemão seria a aposentadoria da Fórmula 1.

"Antes de aceitar ir para uma equipe do meio de pelotão, é preciso levar em conta que ele é um tetracampeão que conquistou muitas coisas nesse esporte e que tem uma situação financeira tranquila. Eu diria que, conhecendo sua personalidade, o mais adequado seria parar. Seria uma pena para o esporte, mas para a pessoa Sebastian Vettel seria a melhor solução se não houver vaga em um time vencedor", comentou em entrevista ao canal Sky Sports.

Vettel ainda tem contrato com a Ferrari até o fim de 2020 (Foto: Reprodução/ Ferrari)
Vettel ainda tem contrato com a Ferrari até o fim de 2020 (Foto: Reprodução/ Ferrari)
Foto: Gazeta Esportiva

Um retorno de Vettel a RBR já foi descartado. Para a temporada 2021, a escuderia vai manter Max Verstappen e Alex Albon. A outra equipe de ponta da Fórmula 1 seria a Mercedes, mas sua transferência para a equipe é bastante improvável.

"Eu conversei com o Seb sobre as possibilidades na RBR. Mas como elas não existem, já que temos contratos com Max e Alex, e o entendimento foi que ele continuará se tiver um carro vencedor, que seria a Mercedes neste caso", falou.

Após a saída da Ferrari, o nome de Vettel foi cogitado na Renault e na McLaren, ainda com as saídas de Carlos Sainz e Daniel Ricciardo. Contudo, a vaga na McLaren já foi preenchida pelo próprio Ricciardo, ao mesmo tempo que Fernando Alonso é cogitado na Renault. O futuro do tetracampeão mundial está em xeque. Esta pode ser a última temporada do alemão pilotando um carro de Fórmula 1.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade