CEO da Williams confirma atualizações no FW43B, mas "sem sacrificar" carro de 2022

A Williams não quer ficar mais no fim do grid e está voltando todas as atenções para o carro da próxima temporada, quando a Fórmula 1 introduz novo regulamento. Mesmo assim, vai fazer pequenas modificações no FW43B ao longo do atual campeonato

8 abr 2021
0comentários
Publicidade
George Russell novamente foi ao Q2, mostrando qualidade em classificações
George Russell novamente foi ao Q2, mostrando qualidade em classificações
Foto: Beto Issa / Grande Prêmio

A Williams tenta se recuperar da fase ruim que se encontra há alguns anos na Fórmula 1, ocupando sempre as últimas posições do grid. Mas para 2021, esse plano pode ser adiado desde que o projeto de 2022 ganhe a atenção necessária, segundo Jost Capito, novo CEO da equipe.

Na lanterna da Fórmula 1 desde 2018, a Williams terminou o último campeonato zerada, sem marcar pontos. Para isso, o time de Grove já está de olho na temporada 2022, quando a categoria vai introduzir mudanças drásticas no regulamento.

"Precisamos dar um salto significativo em 2022, com o novo regulamento e novo carro, é isso que estamos mirando. Isso significa que em 2021 ainda vamos brigar e queremos dar o melhor. Mas não vamos medir nosso sucesso em pontos ou posições, vamos tentar entender melhor o carro", disse Capito aos jornalistas no Bahrein.

Jost Capito assumiu em 2021 como novo CEO da Williams
Jost Capito assumiu em 2021 como novo CEO da Williams
Foto: Williams / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

"Claro que vamos fazer pequenas atualizações quando notarmos que algo está errado ou que podemos melhorar. Claro que vamos fazer isso, mas sem sacrificar o modelo de 2022", completou o dirigente.

Apesar de afirmar que não pretende medir o sucesso da temporada em pontos, o CEO da equipe inglesa espera pontuar neste ano, mas admite que a temporada é de transição para o novo regulamento da F1.

"A temporada 2021 é de transição porque estamos realmente focados no carro de 2022. Não há muito mais que possamos fazer no FW43B. Vamos lutar no campeonato. Sabemos onde está o carro e, claro, vamos fazer atualizações", finalizou o chefe da Williams.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade