PUBLICIDADE

Bottas admite dia ruim após ser quinto em Sóchi: "Chuva no fim da prova me salvou"

Valtteri Bottas assumiu que teve um dia ruim em Sóchi. O finlandês admite que, não fosse a chuva forte das voltas finais, teria um resultado muito pior no GP da Rússia

27 set 2021 11h39
| atualizado às 12h24
ver comentários
Publicidade
Valtteri Bottas foi beneficiado pela chuva em Sóchi
Valtteri Bottas foi beneficiado pela chuva em Sóchi
Foto: Mercedes / Grande Prêmio

Valtteri Bottas terminou o GP da Rússia, realizado no último domingo (26), na quinta posição. Largando em 16° e sofrendo para escalar o pelotão, o nórdico sentiu que teria mais um fim de semana ruim em 2021. Porém, literalmente dos céus, veio a esperança: a chuva que atingiu o Parque Olímpico de Sóchi no fim da corrida mudou a trajetória do finlandês. O próprio piloto do carro #77 reconhece que não seria possível pontuar se não fosse a intervenção climática.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A largada no fim do pelotão tinha um motivo claro: 'marcar' e impedir a ascensão de Verstappen no GP. Porém, Bottas fracassou. O taurino não tomou conhecimento do piloto da Mercedes e rumou tranquilamente ao segundo lugar da prova. Valtteri, por sua vez, teve de se contentar com uma quinta posição na prova vencida por Lewis Hamilton. Mesmo assim, não deixa de ser um alento para o piloto, que antes de a chuva apertar estava apenas em 12º.

"Da minha parte, foi uma corrida difícil em um dia complicado. Mas a chuva no fim da prova me salvou. Antes disso, estava com problemas para escalar o pelotão. Foi muito mais difícil do que pensei que seria, já que não conseguia ir bem nas curvas, saindo sempre de frente", disse.

Valtteri Bottas terminou o GP da Rússia na quinta posição
Valtteri Bottas terminou o GP da Rússia na quinta posição
Foto: Mercedes / Grande Prêmio

"Não conseguia entregar velocidade e me aproximar para ultrapassar. Outros carros conseguiam fazer isso e seguir os adversários de forma próxima. Aí, a chuva começou. Queria ter parado uma volta antes, mas a equipe não estava pronta. Mesmo assim, fomos um dos primeiros a parar, o que foi bom", recordou.

De saída da Mercedes em 2022, quando parte para a Alfa Romeo, o finlandês tem como uma última missão em Brackley ajudar Lewis Hamilton e a Mercedes na luta pelos títulos em jogo: o Mundial de Pilotos e de Construtores. Apesar de não ter segurado Verstappen, o nórdico ficou satisfeito com os pontos conquistados.

"Consegui escalar o pelotão e ganhar alguns bons pontos, o que foi positivo para um dia complicado", finalizou Bottas.

Além do quinto lugar, a chuva proporcionou a Bottas a manutenção da terceira posição no Mundial de Pilotos. O nórdico chegou a casa dos 151 pontos, contra 139 de Lando Norris, que por pouco não venceu a prova. Porém, o britânico demorou a ir para os boxes quando a chuva começou a cair e fechou a prova na sétima posição, apenas.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade