Aston Martin oficializa Hülkenberg como reserva e piloto de desenvolvimento na F1

A Aston Martin tornou público, nesta manhã de quinta-feira (8), o acordo com Nico Hülkenberg, oficializado agora como piloto reserva e de desenvolvimento. O alemão já havia confirmado que vai desempenhar a função não apenas para a equipe de Silverstone, mas também para a Mercedes

8 abr 2021
0comentários
Publicidade
15º – Nico Hülkenberg (Racing Point) – 10 pontos – Melhor resultado: 7º no GP dos 70 Anos (
15º – Nico Hülkenberg (Racing Point) – 10 pontos – Melhor resultado: 7º no GP dos 70 Anos (
Foto: Mark Thompson / Grande Prêmio

Nico Hülkenberg está de volta à Fórmula 1. Dois anos após ficar sem a vaga de titular na Renault e um ano depois de surgir como substituto de emergência na temporada mais afetada pela pandemia do novo coronavírus, Nico Hülkenberg foi recontratado oficialmente por uma equipe da F1: a Aston Martin. Na velha reconhecida, será piloto de desenvolvimento e reserva de Sebastian Vettel e Lance Stroll.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Há algumas semanas, Hülkenberg já tinha 'furado' a equipe e anunciado que seria mesmo o reserva da Aston Martin - além da Mercedes - e, na última quarta-feira, falou sobre o retorno ao simulador para um carro muito diferente ao que conheceu ano passado, com a Racing Point. A volta marca um tempo em que Nico se mostrou magoado por se sentir rejeitado pela categoria. Se antes não tinha interesse em ser reserva, agora tem.

Hülkenberg deixou o grid como titular ao fim da temporada 2019, quando encerrou um ciclo de três anos como piloto da Renault. No ano passado, no entanto, 'Hülk' foi chamado de última hora pela Racing Point para substituir Sergio Pérez no GP da Inglaterra depois que o mexicano testou positivo para a Covid-19. Nico também seguiu no lugar do mexicano no GP dos 70 Anos da F1, também em Silverstone, e em outubro voltou a ser chamado pela Racing Point para ser suplente de Lance Stroll, que também testou positivo para o novo coronavírus.

Mas sem ter um lugar no concorrido grid de 20 carros, o germânico aceitou o convite da Aston Martin, chefiada por Otmar Szafnauer, e vai ser o reserva imediato de Sebastian Vettel e Stroll para a temporada 2021.

Hülkenberg correu pela Racing Point por acaso em 2020
Hülkenberg correu pela Racing Point por acaso em 2020
Foto: Racing Point / Grande Prêmio

"Em primeiro lugar, é ótimo conseguir este acordo assinado com bastante antecedência. No ano passado, eu não tive tempo para me preparar antes de entrar no carro. Estou muito satisfeito por mais uma vez trabalhar com esta equipe, com quem pilotei muitas vezes ao longo da minha carreira", disse o piloto.

"Obviamente, espero que Sebastian e Lance tenham uma temporada ininterrupta neste ano, mas a equipe sabe que pode contar comigo para fazer um excelente trabalho, e eu estou totalmente preparado para enfrentar esse desafio", seguiu.

"Também vai ser interessante ajudar a desenvolver a equipe ao longo da temporada. Estou muito ansioso para fazer grandes tempos de volta graças aos meus braços", finalizou.

A Aston Martin, por meio de Szafnauer, apenas deixou clara a excelente relação que nutre com o piloto alemão desde os tempos de Force India.

"Estamos muito satisfeitos em dar as boas vindas a Nico, de volta em um papel oficial, como piloto reserva e de desenvolvimento da Aston Martin. Em tempos difíceis, ter um piloto reserva capaz e experiente é especialmente importante", falou.

"Nico provou, no ano passado, que ele poderia entrar no carro e ter uma performance excelente a qualquer momento. Agora, com o escopo adicional para preparação e integração, sabemos que podemos contar com ele para fazer um excelente trabalho", afirmou.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade