4 eventos ao vivo

Alonso revela que quebrou a parede após abandono em Cingapura

28 set 2017
14h01
atualizado às 14h18
  • separator
  • 0
  • comentários

O Grande Prêmio de Cingapura já aconteceu faz duas semanas, mas mesmo assim ainda não saiu da cabeça de Fernando Aloso. Em entrevista ao portal Autosport, o piloto espanhol revelou que, em momento de raiva pouco após a corrida, deu um soco na parede de sua sala particular em Cingapura após ficar irritado com o acidente que o fez abandonar a prova ainda nos metros iniciais.

Largando na oitava posição, o condutor da McLaren conseguiu se aproveitar bem do acidente ocorrido na largada, em que estiveram envolvidos Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen e Max Verstappen. Porém, Alonso acabou sendo atingido pelo carro da RBR desgovernado e acabou sendo obrigado a abandonar a prova.

"Sim… o buraco ainda está lá! Foi uma frustração. Quando vi o replay e vi Vettel rodando na curva 3, estávamos logo atrás de Lewis (Hamilton), e estávamos com os pneus corretos naquele momento. Então, poderíamos até mesmo tentar ultrapassá-lo quando o momento certo chegasse. Depois, provavelmente, perderíamos uma ou duas posições, mas não mais, porque é um circuito de rua e não possui muitas ultrapassagens. Aquele pódio poderia ter sido um dos maiores feitos da minha carreira e nós perdemos a chance", lamentou.

Alonso não termina uma corrida no pódio desde o GP da China de 2014, quando ainda vestia as cores da Ferrari. De lá pra cá, o piloto retornou para a McLaren, porém não obteve nenhum resultado positivo. A expectativa é grande sobre a permanência ou não do piloto na escuderia inglesa, já que a equipe trocou o seu fornecedor de propulsores da Honda para utilizar os motores da Renault.

Esta mudança dá uma nova perspectiva da equipe, que espera um resposta sobre a continuidade ou não de Alonso na equipe. Segundo o portal espanhol, Sport, a tendência é de que o condutor revele a sua decisão logo após o GP do Japão, marcado para o dia 8 de outubro. Na atual temporada, Alonso soma apenas 10 pontos e ocupa a 15ª colocação geral. A próxima etapa da Fórmula 1 acontece neste final de semana, na Malásia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade