PUBLICIDADE

Alonso diz que "fãs devem decidir" sobre futuro das corridas de classificação da F1

A Fórmula 1 pretende expandir o número de corridas sprint para seis ao longo da temporada 2022, mas Fernando Alonso acredita que os espectadores devem definir o formato que mais os agrada

23 jan 2022 15h26
ver comentários
Publicidade
Fernando Alonso não viu muita diferença com a chegada das corridas sprint
Fernando Alonso não viu muita diferença com a chegada das corridas sprint
Foto: Alpine / Grande Prêmio

BOTTAS POUCO REBELDE MOSTRA FALTA DE AMBIÇÃO NA F1

Em 2021, a Fórmula 1 lançou uma novidade em três finais de semana: as corrida sprint, com 100 km de distânica, para definição do grid de largada em Silverstone, Monza e Interlagos. A ideia dividiu opiniões do fãs da categoria, especialmente após as realizações das provas. Fernando Alonso foi questionado sobre o assunto, mas acredita que os espectadores é que devem decidir sobre as inovações.

Até o momento, a F1 não definiu oficialmente quais serão as corridas sprint de 2022. Os dirigentes já afirmaram que pretendem aumentar o número de provas de classificação para seis, mas os locais não foram confirmado, mesmo com o maior calendário da história já garantido.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Fernando Alonso foi 12º na sprint race no Brasil (Foto: Alpine)

"Eu acho que o formato é feito para os fãs, para melhorar o espetáculo e atrair novos espectadores para o esporte. Então acho que devemos perguntar a eles o que pensam. O que acham dos finais de semana, o que deu certo, o que falhou. E se mudarmos algo, eles decidem", disse Alonso à versão espanhol do site Motorsport.

"Para as equipes, não foi pior e nem melhor, apenas diferente. Nos preparamos para o fim de semana de uma maneira diferente, mas acabou sendo igual para todo mundo. Logo, acho que devemos dar prioridade para os fãs. E eles nos dizem o que gostaram e tentaremos melhorar", completou.

Stefano Domenicali, diretor-executivo da Fórmula 1, comentou sobre a melhora do engajamento de fãs categoria no ano passado, com mais de 167 mil pessoas respondendo a um questionário. Segundo o dirigente italiano, agora a F1 está atingindo um público mais jovem e as corridas sprint podem ajudar nessa adaptação.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade