0

Alonso afirma não acreditar em falha que culminou no seu 10° abandono

23 out 2017
10h41
  • separator
  • comentários

Os problemas de Fernando Alonso na atual temporada da Fórmula 1 parecem não ter fim. Depois de um bom desempenho nos treinos, um nono lugar do grid e uma corrida até então consistente, o espanhol foi obrigado a abandonar a prova por problemas na sua unidade de potência. Não completar os Grandes Prêmios é uma tônica do piloto da McLaren nos últimos tempos. Os Estados Unidos foram o local do 10° abandono de prova de Alonso apenas neste campeonato.

Apesar de negativo, o fato se tornou um feito para a escuderia, que não tinha um piloto com tantas provas deixadas por terminar desde Kimi Raikkonen, em 2002. Após a corrida, Alonso afirmou não acreditar em mais um abandono. "Quando percebi que o motor estava perdendo potência e falhando não consegui acreditar que aquilo era real. No Japão larguei em último lugar e isto não aconteceu. Desta vez, estava em sétimo, andando bem e acontece uma coisa como essa. É inacreditável", disse o espanhol.

A chateação só não foi maior porque Alonso se mostrou satisfeito com o que estava fazendo até o carro apresentar problemas. "Estou feliz com o final de semana em nível pessoal. Posso dizer que fui sublime tanto na qualificação quanto na corrida. A classificação do campeonato não reflete o bom desempenho, porque nosso mérito é maior que o o lugar que ocupamos", revelou.

O próximo encontro da Fórmula 1 acontece no GP do México e Fernando Alonso já adiantou que deve ser mais um fim de semana difícil para a McLaren, por conta dos motores Honda. "Eu acho que o motor está quebrado, e que no México há a chance de tentarmos trocar a unidade. Por conta disso, teremos outro fim de semana em que vamos largar de último. Será complicado marcar pontos novamente, mas pode ser que o motor esteja mais fresco no Brasil e em Abu Dhabi", completou o piloto espanhol.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade