PUBLICIDADE

Alfa Romeo revela desobediência de Giovinazzi à ordem de equipe no GP da Turquia

Xevi Pujolar afirmou que a equipe ordenou a troca de posições com Kimi Räikkönen, mas teve a solicitação ignorada pelo italiano

13 out 2021 07h29
ver comentários
Publicidade
Dupla da Alfa Romeo em ação no GP da Turquia
Dupla da Alfa Romeo em ação no GP da Turquia
Foto: Alfa Romeo / Grande Prêmio

AINDA É POSSÍVEL TER ÍDOLOS BRASILEIROS NO ESPORTE A MOTOR? | GIRO BR #30

Antonio Giovinazzi desobedeceu uma ordem da Alfa Romeo no GP da Turquia de Fórmula 1. Diretor de engenharia de pista da equipe, Xevi Pujolar revelou que o italiano ignorou o comando para inverter as posições com Kimi Räikkönen em Istambul Park.

Na visão do dirigente, a ação de Giovinazzi "não foi ideal", já que a Alfa Romeo via o finlandês com mais ritmo na disputa. Antonio encerrou a corrida na 11ª colocação, com Räikkönen em 12º.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Antonio Giovinazzi não atendeu pedido da Alfa Romeo na Turquia (Foto: Divulgação)

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

"Pedimos para trocarem as posições, mas, naquele momento, Antonio começou a aumentar o ritmo e decidiu que queria ficar na frente", disse Xevi Pujolar, diretor de engenharia. "Para a equipe, não foi uma decisão ideal", seguiu.

"Não entendi o motivo de não podermos trocar as posições, levando em conta que no fim da corrida, poderíamos tê-las restaurado de acordo com a situação que tivéssemos", comentou. "Para nós, é importante pontuar, e o ritmo de Kimi era competitivo naquele momento", concluiu.

A Alfa Romeo soma apenas sete pontos no Mundial de Construtores ― seis conquistados por Räikkönen e apenas um por Giovinazzi ― e tem a penúltima colocação na classificação de 2021, 16 pontos atrás da Williams, a oitava colocada. A Haas é a única equipe que ainda não pontuou neste ano.

F1: OS VENCEDORES E PERDEDORES DA SEGUNDA METADE DE 2021

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade