PUBLICIDADE

Alfa Romeo admite que "não esperava" desempenho forte de Bottas no GP da Espanha

Valtteri Bottas conseguiu mais oito pontos para a Alfa Romeo com um sexto lugar no GP da Espanha, no qual a equipe admitiu que não esperava ir tão bem. Guanyu Zhou abandonou, e Frédéric Vasseur quer a solução do problema

24 mai 2022 09h21
ver comentários
Publicidade
Valtteri Bottas chegou em sexto na Espanha e somou mais oito pontos para sua equipe
Valtteri Bottas chegou em sexto na Espanha e somou mais oito pontos para sua equipe
Foto: Alfa Romeo / Grande Prêmio

POR QUE A FÓRMULA 1 2022 COMEÇA AGORA PARA A MERCEDES?

A Alfa Romeo saiu feliz com os oito pontos conquistados por Valtteri Bottas com o sexto lugar no GP da Espanha, já que a equipe não esperava que o Circuito de Barcelona fosse agradável para as características da C42. Pelo menos é o que diz o próprio chefe da equipe, Frédéric Vasseur, que comemorou especialmente ter terminado atrás apenas dos principais carros: Red Bull, Ferrari e Mercedes.

"Experimentamos outra corrida na qual mostramos quão rápidos podemos ser, e trazer para casa mais oito pontos, terminando logo atrás do pelotão da frente, é um bom resultado", disse Vasseur. "Podemos ficar satisfeitos com nossa performance, ainda mais porque não estávamos esperando que Barcelona fosse bom para nós", admitiu.

A posição do finlandês poderia ter sido ainda melhor, se não fosse a estratégia de permanecer na pista com os pneus gastos — o que fez o piloto cair de quarto para sexto com as passagens de Carlos Sainz e Lewis Hamilton. Ainda assim, Vasseur reconheceu que Bottas não havia como segurar os rivais e celebrou mais uma corrida do piloto entre os dez primeiros — a quinta vez em seis corridas na temporada 2022.

Bottas andava em quarto no final da corrida, mas perdeu posições para Sainz e Hamilton (Foto: Alfa Romeo)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

"Então, podemos ficar confiantes de que podemos ser competitivos em todos os finais de semana de corrida", salientou. "Valtteri [Bottas] fez uma excelente corrida, sem cometer um erro e gerenciando bem o carro. No final, ele não tinha como segurar Sainz e Hamilton com pneus novos, mas aceitamos o sexto lugar", contentou-se.

No entanto, nem tudo foi perfeito para a equipe de Hinwil. Vasseur admitiu que o abandono de Guanyu Zhou significou que o final de semana na Espanha não foi um completo sucesso, e pediu empenho da equipe em entender o problema e solucioná-lo já para a próxima corrida, já que a equipe acredita poder somar pontos regularmente com os dois carros.

"Infelizmente, não podemos ficar felizes com o problema técnico que parou Zhou", lamentou o chefe da Alfa Romeo. "Ele estava indo bem, ganhando posições e indo em direção ao top-10, e então o carro o abandonou. Precisamos entender esses problemas e consertá-los, já que temos potencial de marcar pontos com os dois carros em todas as corridas", finalizou.

A próxima oportunidade da Alfa Romeo de somar pontos na Fórmula 1 será neste final de semana, na disputa do GP de Mônaco, entre os dias 27 e 29 de maio.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade