0

Acidente de Stroll ameaça plano da Racing Point de correr com atualizações na Rússia

O forte acidente de Lance Stroll em Mugello destruiu o RP20 que possuía as últimas atualizações da Racing Point. Agora, a equipe corre contra o tempo para oferecer as novas peças para ambos os pilotos no GP da Rússia

15 set 2020
12h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
A Racing Point fazia boa corrida e quase pontuou com os dois pilotos em Mugello
A Racing Point fazia boa corrida e quase pontuou com os dois pilotos em Mugello
Foto: Racing Point / Grande Prêmio

O GP da Toscana não foi como a Racing Point esperava. Sergio Pérez perdeu a chance de disputar um lugar no pódio e terminou em quinto. Lance Stroll sofreu um forte acidente na volta 45 e abandonou a prova. Com isso, a equipe decidiu que ambos os pilotos vão utilizar o novo pacote aerodinâmico no GP da Rússia, mas o trabalho não será fácil.

Stroll já tinha utilizado atualizações no RP20 em Mugello e Pérez teria as novas peças apenas em Sóchi. É a primeira grande modificação no carro desde o início da temporada, quando a equipe esteve envolvida na controvérsia da "Mercedes rosa" — quando foi acusada de copiar partes da Mercedes W10, de 2019, e sofreu com protestos de diversos times da Fórmula 1.

"Nós vamos ter muito trabalho para ter partes suficientes para as atualizações dos dois pilotos na Rússia", disse Otmar Szafnauer, chefe da equipe, à Sky Sports após o acidente de Stroll em Mugello.

O forte acidente de Lance Stroll na volta 45 do GP da Toscana (Foto: Reprodução/F1)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube!

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O canadense perdeu o controle do carro na Arrabbiata e bateu com força na barreira de proteção, destruindo o carro. Agora, a Racing Point corre contra o tempo para ter as mudanças nos dois carros em Sóchi.

"É difícil saber. Entretanto, nossa atualização era para melhorar dois ou três décimos e isso era a nossa diferença de performance", completou o dirigente.

Atualmente, a Racing Point é a quarta colocada no campeonato de construtores, com 92 pontos conquistados — 14 atrás da McLaren e nove na frente da Renault.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade