PUBLICIDADE

Mesmo após Indy 500, Castroneves se vê em adaptação na Meyer Shank: "Pergunto muito"

Helio Castroneves venceu as 500 Milhas de Indianápolis na estreia com a Meyer Shank, mas, mesmo assim, ainda se vê como alguém em adaptação ao time. Para o brasileiro, há um lado bom nisso: perguntar tudo que tem de ser perguntado

26 jul 2021 05h17
ver comentários
Publicidade
Helio Castroneves venceu as 500 Milhas de Indianápolis, mas ainda está conhecendo o novo time
Helio Castroneves venceu as 500 Milhas de Indianápolis, mas ainda está conhecendo o novo time
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

Helio Castroneves chegou na Meyer Shank deixando qualquer dúvida sobre sua performance para trás. Na estreia com o time, o brasileiro venceu a Indy 500 pela quarta vez na carreira, igualando o recorde histórico da corrida mais tradicional do esporte a motor americano. Agora, porém, vira a chave para a reta final da temporada, ainda conhecendo melhor a nova equipe.

Depois de só fazer uma das dez corridas iniciais, o paulista disputa cinco corridas das seis finais do campeonato, mas em cenários bem diferentes da Indy 500: são dois circuitos de rua e três mistos.

Ao GRANDE PRÊMIO, Helio falou do processo de adaptação que, segundo ele, ainda acontece na Meyer Shank. Por mais que já conheça melhor o time do que em maio, quando levou Indianápolis, ainda vai se aclimatando. Sobre a vitória no IMS, aliás, Castroneves é categórico: fez o que tinha de ser feito.

Helio Castroneves venceu as 500 Milhas de Indianápolis pela quarta vez
Helio Castroneves venceu as 500 Milhas de Indianápolis pela quarta vez
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

"O começo foi bem o que se espera quando se é contratado: chegamos lá e fizemos, foi uma performance excelente, todo mundo fez o que tinha de ser feito e deu tudo certo", disse ao GP.

O brasileiro, que passou duas décadas de muito sucesso na Penske, admite que ainda vai conhecendo melhor o novo time. O lado bom? Pergunta tudo que tem de ser perguntado, sem medo.

"Cheguei sem conhecer muito o pessoal e acho que isso foi interessante porque serviu para eu perguntar muitas coisas a eles, aliás, eu sigo ainda perguntando muito. Isso pelo fato de hoje termos vários detalhes que a gente não tinha na Indy 500, então precisamos seguir indo atrás para continuar tendo boa performance", completou.

Castroneves renovou com a Meyer Shank e, em 2022, amplia sua programação, disputando a temporada completa com o time, que agora tem dois carros no grid em tempo integral.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade