PUBLICIDADE

Hinchcliffe detona Sato por toque em St. Pete: "Perdeu a paciência e o talento"

Com mais um resultado ruim na Indy, James Hinchcliffe colocou toda a culpa de seu pneu furado em St. Pete nas costas de Takuma Sato, com quem tocou durante a corrida

27 abr 2021 05h02
ver comentários
Publicidade
James Hinchcliffe atacou Takuma Sato
James Hinchcliffe atacou Takuma Sato
Foto: Indycar / Grande Prêmio

James Hinchcliffe e Takuma Sato proporcionaram uma disputa agressiva durante o GP de St. Pete, realizado no último domingo (25). Na volta 23 da corrida, os dois brigavam pelo 12º lugar quando Sato ultrapassou Hinchcliffe pelo lado de dentro da curva 1, mas com um toque que acabou furando o pneu da Andretti do canadense.

Enquanto Takuma foi um dos destaques da corrida e fechou no sexto lugar, Hinchcliffe amargou apenas a 18ª posição. É o segundo resultado abaixo do top-5 que o piloto de 34 anos registra em 2021, ano que marca seu retorno ao grid da Indy de forma integral, pela Andretti.

"O dia começou bem. Largamos bem e nosso primeiro stint foi com economia de combustível, tentando um overcut. Estávamos cuidando dos pneus e bem em comparação com os caras que tinham macios na nossa frente", comentou Hinchcliffe, explicando a estratégia utilizada na primeira parte da pista.

GUIA INDY 2021

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Takuma Sato foi atacado por James Hinchcliffe
Takuma Sato foi atacado por James Hinchcliffe
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

No Twitter, Hinchcliffe repetiu a mensagem que o companheiro de equipe Marco Andretti publicou em 2020, ao dizer que "levou um Sato", e colocou toda a culpa do acidente no piloto japonês, afirmando que o bicampeão da Indy 500 perdeu "a paciência e o talento".

"Depois, na relargada, o Takuma perdeu a paciência e talento, bateu e furou nosso pneu, e isso acabou com o nosso dia. Nunca recuperamos a volta pelo jeito que as amarelas entraram", concluiu.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade