0

Hinchcliffe comanda domínio da Honda no TL1 da Indy 500. Alonso é 5º

No primeiro dia de atividades em Indianápolis, James Hinchcliffe, que já foi pole no Brickyard, levou a Andretti ao primeiro posto. Fernando Alonso foi o melhor Chevrolet do dia, enquanto Helio Castroneves fechou no top-10

12 ago 2020
18h39
atualizado às 19h06
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
James Hinchcliffe foi o mais rápido no primeiro dia de treinos para a Indy 500
James Hinchcliffe foi o mais rápido no primeiro dia de treinos para a Indy 500
Foto: Indycar / Grande Prêmio

James Hinchcliffe liderou o primeiro treino livre das 500 Milhas de Indianápolis, realizado nesta quarta-feira (12). O piloto da Andretti foi um dos destaques do dia, anotando o tempo de 40s084 para ficar na liderança, à frente do companheiro de equipe Marco Andretti.

A terceira colocação ficou com Scott Dixon, líder do campeonato e que comandou a primeira parte do treino, exclusivo apenas para veteranos. Ryan Hunter-Reay foi o quarto, fechando um quarteto de carros de motor Honda, sendo três deles da Andretti.

Bicampeão mundial de F1, Fernando Alonso foi o melhor Chevrolet, colocando a McLaren na quinta posição. É o retorno do espanhol ao Brickyard após não se classificar na edição de 2019. O desempenho foi suficiente para ficar à frente de Josef Newgarden, da Penske, que foi seguido por Jack Harvey, Álex Palou e Conor Daly.

Os brasileiros tiveram desempenho positivo. Helio Castroneves, da Penske, foi 10º, enquanto Tony Kanaan, da Foyt, ficou logo atrás, em 11º.

Helio Castroneves tenta a quarta vitória em Indianápolis
Helio Castroneves tenta a quarta vitória em Indianápolis
Foto: Indycar / Grande Prêmio

Saiba como foi o TL1 da Indy 500

O treino começou às 12:00 no horário de Brasília, com duas horas exclusivas dedicadas aos veteranos. Com 30 minutos de sessão, o top-4 era formado por quatro vencedores: Scott Dixon, Alexander Rossi, Tony Kanaan e Ryan Hunter-Reay. Conor Daly, de Carpenter, fechava com o quinto lugar.

Quem surgiu para tirar Dixon da ponta foi Charlie Kimball, da Foyt, que anotou 40s786. James Hinchcliffe, da Andretti, e Takuma Sato, da RLL, também melhoraram os tempos, pulando para o top-3.

Dixon fez uma mudança e trocou a asa dianteira, guiando com a peça na cor preta, sem presença dos patrocínios. Will Power foi o primeiro carro da Penske a se destacar, pulando para a primeira posição com 40s607, seguido por Spencer Pigot, da RLL.

Com novos ajustes, Dixon retomou a ponta ao anotar 40s529, se tornando o primeiro piloto a ultrapassar a média de 222 mph. O pentacampeão completou a primeira hora de treino na ponta. O top-10 era finalizado por Will Power, Colton Herta, Spencer Pigot, Josef Newgarden, Charlie Kimball, James Hinchcliffe, Takuma Sato, Santino Ferrucci e Alexander Rossi.

Entrando na segunda hora, Hinchcliffe tomou a primeira posição com 40s345. A primeira amarela do dia veio nas mãos de Marco Andretti, que parou na entrada do pit-lane. A bandeira verde veio oito minutos depois. Tony Kanaan mostrou a força da Foyt e colocou o #14 na segunda posição com 40s526.

Após muitos minutos sem maiores mudanças, os pilotos partiram para as simulações de corrida. Josef Newgarden surgiu e assumiu o primeiro lugar com 40s324, apenas para ser superado pelo rival Dixon, que anotou 40s170.

A primeira parte do treino terminou com Dixon, Newgarden, Hinchcliffe, Kanaan, Hunter-Reay, Sato, Carpenter, Power, Veach e Daly no top-10. A segunda parte foi reservada aos novatos e pilotos que não competem de forma integral na temporada. A bandeira verde foi dada às 14h08, com uma breve interrupção para limpeza da pista.

11 pilotos permaneceram na pista na primeira hora como parte do programa de orientação. Max Chilton e Sage Karam, já veteranos, foram os primeiros a completar. A DragonSpeed de Ben Hanley sofreu problemas e não conseguiu deixar a garagem.

Com exceção de Hanley e Dalton Kellett, todos os pilotos completaram seus respectivos programas. O mais rápido foi Rinus VeeKay, da Carpenter, que anotou 40s665. Álex Palou foi o segundo, seguido por Helio Castroneves, Fernando Alonso e Sage Karam, que fecharam o top-5.

A partir das 16h03, a pista foi liberada para todos os pilotos em um treino de 2h30 de duração. O início foi de pouca movimentação, mas os bólidos iniciaram pequenas simulações de corrida. Quem se destacou nos 30 minutos iniciais foi Marco Andretti, pulando para o top-10 nos tempos agregados.

A bandeira amarela veio na marca de 38 minutos de treino para inspeção da pista, que foi liberada pouco tempo depois. Já simulando classificação, Rinus VeeKay surpreendeu e apareceu no top-5, anotando 40s529. Quem também surgiu forte foi Helio Castroneves, pulando para a quarta posição. Coube a Marco Andretti tirar Dixon do primeiro lugar, anotando 40s116.

James Hinchcliffe assumiu a ponta com 40s084. Com 80 minutos restantes para o fim da sessão, três carros da Andretti permaneciam no top-10. Fernando Alonso começou a chamar atenção, pulando para o quarto lugar anotando 40s315.

O treino entrou na hora final com o top-10 formado por Hinchcliffe, Andretti, Dixon, Alonso, Newgarden, Harvey, Daly, Castroneves, Kanaan e Palou. A pista ficou bastante ocupada, com simulação de corrida de quase todos os pilotos. Kellett aproveitou para completar o programa de novatos.

Com 30 minutos restantes, a pista se esvaziou por alguns instantes, mas pilotos logo voltaram para a parte final da simulação, sem melhoras de tempo até o término da sessão.

Indy, 500 Milhas de Indianápolis, Treino Livre, Dia 1, Resultado Final:

1 J HINCHCLIFFE Andretti Honda 40.084   80
2 M ANDRETTI Andretti Honda 40.116 +0.032 96
3 S DIXON Ganassi Honda 40.170 +0.086 61
4 R HUNTER-REAY Andretti Honda 40.297 +0.213 81
5 F ALONSO McLaren Chevrolet 40.315 +0.231 29
6 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 40.324 +0.240 82
7 J HARVEY Meyer Shank Honda 40.326 +0.242 107
8 A PALOU Dale Coyne Honda 40.335 +0.251 60
9 C DALY Carpenter Chevrolet 40.355 +0.271 80
10 H CASTRONEVES Penske Chevrolet 40.371 +0.287 62
11 T KANAAN Foyt Chevrolet 40.381 +0.297 58
12 S PAGENAUD Penske Chevrolet 40.386 +0.302 112
13 T SATO RLL Honda 40.440 +0.356 84
14 F ROSENQVIST Ganassi Honda 40.442 +0.358 89
15 C KIMBALL Foyt Chevrolet 40.460 +0.376 102
16 R VEEKAY Carpenter Chevrolet 40.529 +0.445 76
17 S KARAM DRR Chevrolet 40.534 +0.450 46
18 A ROSSI Andretti Honda 40.549 +0.465 77
19 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 40.557 +0.473 86
20 E CARPENTER Carpenter Honda 40.574 +0.490 102
21 J DAVISON Dale Coyne Honda 40.593 +0.509 36
22 C HERTA Andretti Honda 40.595 +0.511 91
23 W POWER Penske Chevrolet 40.607 +0.523 124
24 M ERICSSON Ganassi Honda 40.616 +0.532 129
25 G RAHAL RLL Honda 40.632 +0.548 111
26 S PIGOT RLL Honda 40.633 +0.549 81
27 Z VEACH Andretti Honda 40.658 +0.574 98
28 P O'WARD McLaren Chevrolet 40.661 +0.577 55
29 M CHILTON Carlin Chevrolet 40.696 +0.612 36
30 D KELLETT Foyt Chevrolet 40.756 +0.672 26
31 O ASKEW McLaren Chevrolet 40.885 +0.801 51
32 J HILDEBRAND DRR Chevrolet 40.935 +0.851 29
33 B HANLEY DragonSpeed Chevrolet Sem tempo

Veja também:

Resumão do Mercado - #2
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade