PUBLICIDADE

Herta e Rahal se surpreendem com relargada de O'Ward em Detroit: "Diferença grande"

Colton Herta e Graham Rahal elogiaram a surpreendente relargada de Pato O'Ward nas voltas finais do GP de Detroit, que eventualmente virou vitória. Álex Palou enxergou por outro lado

14 jun 2021 11h08
ver comentários
Publicidade
Colton Herta ficou surpreso com relargada de O'Ward
Colton Herta ficou surpreso com relargada de O'Ward
Foto: Indycar / Grande Prêmio

Pato O'Ward surpreendeu com a vitória no GP de Detroit 2, disputado no último domingo (13). O mexicano da McLaren surpreendeu a todos nas relargadas e assumiu a liderança com uma ultrapassagem sobre Josef Newgarden com apenas três voltas para o fim da corrida. A segunda vitória de Patricio na temporada também rendeu a liderança do campeonato.

Alguns dos principais rivais de O'Ward se surpreenderam com a apresentação, como o caso de Colton Herta. O piloto da Andretti foi quem mais ameaçou Newgarden durante a corrida, porém, amargou apenas a quarta posição na bandeira quadriculada.

"Foi bem decepcionante. Eu tinha um carro bem rápido e não consegui acertar tudo no fim. Poderíamos ter achado algo para tornar o carro melhor nas relargadas. O que o Pato e os caras da Schmidt têm é muito bom. Precisamos trabalhar em cima disso. O carro estava fantástico e fomos muito rápidos. Eu imagino que éramos os mais rápidos da pista na maior parte do tempo, foi incrível, crédito total ao time. Os pit-stops foram incríveis e a estratégia foi perfeita, nos colocou na melhor posição para vencer o Newgarden com macios no fim, mas não conseguimos", comentou Herta.

Rahal foi quinto em Detroit
Rahal foi quinto em Detroit
Foto: Indycar / Grande Prêmio

Quem também ficou surpreso com as relargadas do mexicano foi Graham Rahal, que fechou a prova na quinta posição. O veterano chamou atenção para a forma com que a McLaren é agressiva nas relargadas.

"Pato fez um trabalho incrível, mas os carros da McLaren sempre são muito rápidos nas relargadas. Precisamos entender como eles geram essa temperatura nos pneus enquanto o resto não consegue. É uma diferença grande, como todos podem ver", declarou Graham.

Quem não ficou tão surpreso com a apresentação foi Álex Palou. O espanhol da Ganassi foi terceiro colocado na corrida e acabou perdendo a liderança do campeonato para O'Ward. O piloto chamou atenção para a estratégia utilizada por Pato nas classificações, mas que muitas vezes pode render pit-stops extras.

"Eu acho que é o que vimos o ano inteiro, que eles conseguem aquecer os pneus em uma volta, e por isso eles sempre conseguem poles. Bem, ele tem duas e está sempre lá em cima na classificação. Mas é por isso que ele precisou de mais uma parada no GP de Indianápolis e em St. Pete. Existe um meio termo, certo? Funcionou muito bem e precisamos encontrar este meio termo, mas acho que sabemos o que é agora. Não antes, mas agora, então vamos tentar, e se conseguirmos, vai ser divertido", concluiu.

A próxima etapa da Indy é o GP de Elkhart Lake, no circuito de Road America, no próximo dia 20.

GP às 10: Vettel supera fase de adaptação e começa a brilhar na Aston Martin

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade