PUBLICIDADE

Grosjean valoriza desafios em St. Pete: "Coisa mais difícil fisicamente que já fiz"

Com 179 corridas na Fórmula 1, bastaram duas participações na Indy para Romain Grosjean eleger o GP de St. Pete como o desafio físico mais complicado de sua carreira como piloto

26 abr 2021 11h41
| atualizado às 11h44
ver comentários
Publicidade
Grosjean elegeu St. Pete como maior desafio físico da carreira
Grosjean elegeu St. Pete como maior desafio físico da carreira
Foto: Chris Jones/Indycar / Grande Prêmio

Em sua segunda corrida pela Indy, Romain Grosjean encarou as difíceis ruas de St. Pete, na Flórida. Apesar de andar em bom ritmo e proporcionar batalhas com vários adversários, fechou no 13º lugar, posição pior que a da estreia na categoria, no GP do Alabama.

Mesmo sem chegar ao top-10, Romain se divertiu ao experimentar as ondulações e o muro próximo durante 100 voltas em São Petersburgo. O piloto franco-suíço da Dale Coyne elegeu o desafio como o mais difícil da carreira em termos físicos.

"Realmente gostei da minha primeira experiência em St. Pete. Foi a coisa mais difícil fisicamente que já fiz. E vocês sabem que eu gosto destes desafios malucos. Amo estas corridas, é sobre se esforçar muito e andar rápido por 100 voltas", comentou o piloto nas redes sociais.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Romain Grosjean nas ruas de St. Pete
Romain Grosjean nas ruas de St. Pete
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

Ao contrário do GP do Alabama, quando largou do sétimo lugar e quase alcançou o Fast Six, Grosjean saiu de 18º no grid em St. Pete. Ele comentou que a tentativa do time era utilizar a estratégia para ganhar mais posições, porém, a corrida não teve bandeiras amarelas que ajudaram a Dale Coyne #51 do piloto.

"Tentamos jogar com a estratégia já que largamos do fundo, mas não tivemos sorte com as amarelas. Sinto que fizemos um bom trabalho neste fim de semana, aprendemos muito na corrida, foi bem física, bem difícil, mas fizemos um bom trabalho. Vamos seguir trabalhando, seguir melhorando e a próxima será melhor", declarou.

Em 14º lugar no campeonato com 37 pontos, Grosjean terá uma pequena pausa na Indy, já que dá lugar ao brasileiro Pietro Fittipaldi na rodada dupla do Texas. O retorno acontece no dia 15 de maio, no GP de Indianápolis.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade