PUBLICIDADE

Grosjean se empolga com estreia na Indy: "Acho que podemos vencer uma corrida"

Romain Grosjean gostou da competitividade apresentada na Indy no GP do Alabama. Francês coloca foco em St. Pete e sonha com vitória na categoria ainda em 2021

19 abr 2021
10h41 atualizado às 10h47
0comentários
10h41 atualizado às 10h47
Publicidade
Romain Grosjean empolgou na Indy
Romain Grosjean empolgou na Indy
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

Romain Grosjean estreou na Indy no GP do Alabama, disputado no último domingo (18), e já se empolgou com a categoria. Com a Dale Coyne, o franco-suíço surpreendeu pelo bom desempenho logo de cara, largando da sétima posição e fechando a corrida em décimo. Também foi a primeira corrida do piloto desde o acidente que quase custou sua vida no GP do Bahrein de F1, em 2020.

Em entrevista após a corrida, Grosjean ficou bastante feliz pelo nível de equilíbrio na Indy. O piloto foi um destaque da classificação, quase avançando ao Fast 6. segmento final da atividade e semelhante ao Q3 da Fórmula 1. Mesmo na Dale Coyne, Romain conseguiu ameaçar nomes de equipes maiores como Penske, Ganassi e Andretti.

"Quando meu engenheiro falou P1, eu pensei: 'isso não acontece há um tempo'. Foi bastante divertido. Tem times maiores que nós, mas isso não significa que não podemos competir lá na frente, e mostramos a todos que eles devem contar conosco quando estamos fazendo um bom trabalho", declarou o piloto.

GUIA INDY 2021

+ Grid cheio, Penske e Ganassi em expansão: as equipes e pilotos da Indy

+ Enzo Fittipaldi troca Europa por Estados Unidos e mira título na Pro 2000

+ Novatos 'fakes', Johnson e McLaughlin encaram realidades distintas

Romain Grosjean ficou no top-10 no Alabama
Romain Grosjean ficou no top-10 no Alabama
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Grosjean andou no ritmo do pelotão o tempo inteiro, mas foi prejudicado por pit-stops ruins da Dale Coyne, que o fizeram fechar a corrida no 10º lugar. Agora, Romain coloca o foco no GP de São Petersburgo, que acontece no dia 25, em um circuito de rua diferente dos que o piloto se acostumou nos tempos de Fórmula 1. A empolgação pela Indy é tanta que o francês já mira uma vitória ainda em 2021.

"No geral, foi tudo bem positivo, agora temos que focar no próximo fim de semana e começar do zero. É um circuito de rua, eu não conheço. Não conheço os pneus, o acerto, o circuito, mas vamos lá de novo. É claro que tenho muito a aprender e para ficar empolgado, mas depois do acidente no Bahrein, acho que fizemos tudo bem neste fim de semana. Podemos nos orgulhar. E sim, eu acho que podemos vencer uma corrida". concluiu.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade