PUBLICIDADE

Dixon destaca início forte e valoriza "trabalho incrível" de Palou na Ganassi

Scott Dixon e Álex Palou fazem apenas a primeira temporada juntos como companheiros na Ganassi. Mesmo assim, o neozelandês é apenas elogios ao jovem de 24 anos que já até conseguiu vitória na Indy em 2021

6 mai 2021 08h38
ver comentários
Publicidade
Álex Palou e Scott Dixon fazem a primeira temporada juntos na Ganassi
Álex Palou e Scott Dixon fazem a primeira temporada juntos na Ganassi
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

Hexacampeão da Indy, Scott Dixon sempre aparece na lista de favoritos ano após ano, mas em 2021 está encontrando competição dura dentro da Ganassi, dessa vez com o novato Álex Palou. O jovem espanhol venceu a abertura do campeonato, em St. Pete, e ocupa a terceira posição na tabela de pontos. Ter um desafio como esse no time, no entanto, é algo que Dixon vê como positivo.

Palou chegou à Ganassi neste ano, após ter estreado na Indy em 2020, quando correu pela Dale Coyne. O talento do então novato chamou a atenção da equipe de ponta e Dixon tem notado também as qualidades do espanhol de apenas 24 anos.

"Ele definitivamente é um piloto inteligente e faz um grande trabalho. Está definitivamente exigindo o máximo de nós na equipe, que é o que queremos. Ele faz um trabalho incrível. Eu acho que está realmente ajudando o desenvolvimento da equipe e assegurando que a gente tenha resultados fantásticos, o que estamos conseguindo", afirmou o neozelandês.

Álex Palou é, atualmente, o terceiro colocado no campeonato
Álex Palou é, atualmente, o terceiro colocado no campeonato
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

No último fim de semana, na rodada dupla do Texas, o par da Ganassi conseguiu bons resultados. Dixon chegou a vencer a corrida do sábado e acumulou um 4º lugar no domingo, enquanto Palou fez um 4º e 7º lugares, respectivamente. Com isso, ambos seguem entre os primeiros colocados do campeonato, separados por apenas 26 pontos.

"Acredito que é muito legal ver o sucesso do Palou logo no início. Eu vi vários rostos sorridentes que talvez não tenham tido anos tranquilos [na Ganassi] recentemente. Eles [outros companheiros] tiveram brilhos, mas não um começo forte como o Palou conseguiu", pontuou.

"É definitivamente bacana ter companheiros fortes no momento. Espero que a gente consiga seguir trabalho para termos certeza de que vamos brilhar até o fim do campeonato", finalizou o hexacampeão da Indy.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade