PUBLICIDADE

Após Hülkenberg, McLaren chama Vandoorne para testar na Indy nos próximos meses

A McLaren chamou Stoffel Vandoorne, piloto que compete atualmente pela Fórmula E, para testar pela equipe na Indy nos próximos meses

26 out 2021 17h30
ver comentários
Publicidade
Stoffel Vandoorne testará pela Arrow McLaren nos próximos meses
Stoffel Vandoorne testará pela Arrow McLaren nos próximos meses
Foto: FIA Fórmula E / Grande Prêmio

COMO AUSTIN DEU EXEMPLO DE CORRIDA BOA SEM ULTRAPASSAGEM? | GP às 10

Como parte de seu programa, a McLaren convocou Stoffel Vandoorne, ex-piloto de Fórmula 1 e que compete atualmente pela Fórmula E, para realizar testes na Indy pela equipe nos próximos meses, assim como Nico Hülkenberg o fez na última segunda-feira (25), em Barber.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Vandoorne tem histórico recente com a McLaren. Antes de partir para a FE, era piloto reserva da equipe de Woking na F1 e ganhou a titularidade em 2017, ao lado de Fernando Alonso. No entanto, ficou apenas um ano na equipe — que também passava por um momento ruim —, quando Lando Norris foi anunciado para a temporada seguinte.

Assim, em 2018, o piloto belga partiu para a categoria elétrica e tem duas temporadas completas. Na primeira delas, foi bem e terminou como vice-campeão, sendo superado apenas por António Félix da Costa, da DS Techeetah. Já em 2021, mesmo tendo vencido uma corrida, Vandoorne fechou o campeonato apenas em nono lugar. Para piorar, seu companheiro de equipe na Mercedes, Nyck de Vries, conquistou o título mundial, despontando também para a possibilidade real de ascender à F1 em 2021.

Stoffel Vandoorne atualmente corre pela Fórmula E (Foto: Formula E)

Agora, testando oportunidades para o futuro, Taylor Kiel, presidente da McLaren na Indy, lembrou das ambições da equipe em ter três carros para 2023. Por isso, ele explica que a temporada seguinte vai ser de transição, e precisará analisar todas as opções possíveis — Vandoorne, portanto, pode ser uma delas.

"Temos dito publicamente que nossa ambição é ser uma equipe de três carros em 2023, então acho que estamos olhando para 2022 como um ano de transição", disse ele, em entrevista à revista norte-americana RACER. "Portanto, não estamos nos comprometendo com nada neste momento, mas estamos avaliando todas as opções", acrescentou.

"Realmente, a bola está do nosso lado. Temos tido muito interesse, muitas pessoas têm batido à nossa porta, mas vamos trabalhar nisso e descobrir o que é melhor para o nosso programa", seguiu ele.

"Com certeza, tivemos [interesse na F1], e acho que ajuda ter nossa equipe no paddock da F1 também. Então Stoffel obviamente tem algumas conexões com a equipe. Acho que vamos tentar fazer algo com ele. Ele é certamente um piloto de corrida talentoso, mas temos pessoas chegando de todos os lugares. É um momento empolgante para nós, como equipe e organização. É apenas a trajetória de crescimento em que estamos no momento. Muito para digerir, muito para analisar, mas certamente muitas perspectivas empolgantes", concluiu.

F1: VERSTAPPEN SEGURA HAMILTON NO BRAÇO, VENCE NOS EUA E DÁ PASSO PARA TÍTULO | Paddock GP  #262

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade