PUBLICIDADE

Fórmula E confirma calendário de 2022 e nova classificação em formato mata-mata

Quartas, semi, final: não é exagero algum chamar de mata-mata a nova proposta de classificação da Fórmula E. O formato será implementado pela categoria na próxima temporada, de acordo com comunicado oficial da FIA

15 out 2021 15h29
ver comentários
Publicidade
Largada do eP de Berlim
Largada do eP de Berlim
Foto: FIA Fórmula E / Grande Prêmio

A Fórmula E arranjou um possível novo formato de treino classificatório para a temporada 2021/22. A categoria anunciou nesta sexta-feira (15) que vai mudar a forma de definição de grid, agora em formato mata-mata, a partir do próximo ano. A novidade foi confirmada pela categoria e pela FIA [Federação Internacional de Automobilismo] em comunicado oficial. Além disso, o calendário oficial foi anunciado com uma importante mudança envolvendo a prova na África do Sul.

Chamar o formato de mata-mata não é exagero algum, como podia ser com o formato testado pela Fórmula 1 no começo de 2016. O que a FE planeja inclui quartas, semi e final para decidir o pole-position, como forma de substituir o estilo atual, com grupos e depois uma definição com os seis mais velozes.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A Fórmula E testa novo formato de olho em 2022 (Foto: Venturi)

A ideia da Fórmula E é dividir o grid em dois grupos de 11 pilotos, com 10 minutos em cada, dos quais os quatro mais rápidos de cada avançam às quartas de final, totalizando oito. De acordo com a FIA, não há limite de voltas para estabelecer o melhor tempo neste fase.

Na quartas de final, os oitos pilotos vão à pista ao mesmo tempo, com os quatro primeiros indo às semifinais. Os dois melhores vão à final, valendo a pole-position. Com isso, os oito pilotos do grid, formam-se dessa maneira. A sequência do pelotão, porém, fica mais confusa. Os pilotos que estavam no grupo do piloto vencedor, largam nas posições ímpares — a partir do nono lugar. Os que estavam no grupo do segundo colocado, largam nas posições pares, até formarem os 22 competidores.

O próprio formato de classificação anterior já era repleto de fórmulas complicadas. Os 24 pilotos eram separados em quatro grupos, dos quais os seis mais rápidos garantiam vaga na super-pole. A ideia não vingou, já que tendia a penalizar os líderes do campeonato com classificações ruins e largadas do fim do grid.

NOVO CALENDÁRIO

A Fórmula E ainda não informou se vai ou não realizar testes na pré-temporada para experimentar o novo formato de classificação, como tinha sido divulgado anteriormente, mas divulgou oficialmente o novo calendário para 2022 com apenas duas importantes modificações em relação ao que tinha sido informado anteriormente.

Jacarta, na Indonésia, vai receber a categoria no dia 4 de junho após uma certa indefinição sobre o local. Com isso, junta-se a Vancouver e Seul como novidades do calendário. Já a Cidade do Cabo, na África do Sul, saiu do cronograma e deixou um espaço aberto na quarta etapa, a ser realizada em fevereiro.

Fórmula E, Calendário 2022:

28/1 Arábia Saudita eP de Diriyah
29/1 Arábia Saudita eP de Diriyah
12/2 México eP da Cidade do México
5/3 A confirmar A confirmar
19/3 China A confirmar
9/4 Itália eP de Roma
30/4 Mônaco eP de Monte Carlo
14/5 Alemanha eP de Berlim
4/6 Indonésia eP de Jacarta
2/7 Canadá eP de Vancouver
16/7 Estados Unidos eP de Nova York
17/7 Estados Unidos eP de Nova York
30/7 Reino Unido eP de Londres
31/7 Reino Unido eP de Londres
13/8 Coreia do Sul eP de Seul
14/8 Coreia do Sul eP de Seul
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade