2 eventos ao vivo

Wolff diz que seu primeiro trabalho na Mercedes foi pedir mais dinheiro

12 jan 2020
15h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Quando Toto Wolff chegou à equipe Mercedes, ele sabia que a equipe precisava aumentar significativamente o orçamento para vencer o campeonato mundial de Fórmula 1. Depois de se juntar à equipe em 2013, Wolff ajudou a Mercedes a vencer o sexto título mundial consecutivo de F1 em 2019.

Foto: CLIVE MASON / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Foto: CLIVE MASON / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
Foto: F1Mania

Wolff não tinha muita experiência quando deixou sua função de liderança na Williams. O austríaco estava na Williams antes de se transferir para a Mercedes.

A revista F1 Racing conversou com Wolff e perguntou como ele conseguiu transformar a Mercedes em uma equipe vencedora, apenas 12 meses depois de chegar ao time. Wolff é muito honesto e direto com sua resposta, e sabe o que a equipe não tinha para cumprir suas ambições.

“Você precisa entender onde está, dentro de sua infraestrutura e dentro de seus recursos, recursos financeiros, recursos humanos, capacidade técnica. E se você não é brutalmente honesto consigo mesmo, e sabe onde estão as lacunas, você nunca terá uma organização capaz de lutar na frente de forma sustentável”, afirmou Wolff em conversa com a revista.

“Foi o que fizemos no final de 2012. Eu entrei apenas em janeiro de 2013, mas em setembro de 2012 recebi três meses, sem ter decidido ainda me juntar ao time, pelo conselho para dar uma opinião pessoal, sem ter uma profunda visão do que eu achava que estava errado.”

Antes de Wolff finalmente ingressar na equipe em janeiro de 2013, ele recebeu alguns meses no final de 2012 para dar uma olhada objetiva no que pensava estar errado na Mercedes, antes de tomar a decisão de mudar. Uma coisa ficou muito clara para ele naqueles poucos meses, era necessário mais dinheiro.

“Eu estava na Williams, então não recebi os detalhes. O início da jornada foi entender quais eram as expectativas da Daimler com seu time e as expectativas de vencer campeonatos, em recursos que eram quase iguais aos eu tinha na Williams, e nossa expectativa era chegar em quarto ou quinto.”

“Não quero falar muito sobre isso. O que posso dizer é que, quando entrei, em poucos meses recebemos 20% a mais de orçamento", acrescentou.

Quer assistir ao vivo às corridas da Indy, Fórmula 2, Fórmula 3 e Superbike? Acesse http://f1mania.vc/4K e experimente a DAZN grátis por 1 mês!

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/HA74fR3PiN1AOcPsVZjBaT

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – F1MANIA VISITA HOMENAGENS A AYRTON SENNA EM IMOLA:

500 MILHAS DE KART GRANJA VIANA 2019 | Melhores Momentos da 23ª edição:

Fórmula 1 faz tributo à Ayrton Senna no Parque do Ibirapuera:

FÓRMULA E | EL-DIRIYAH – CORRIDA 2 | MELHORES MOMENTOS:

Visitamos o DAYTONA INTERNATIONAL SPEEDWAY | FÉRIAS F1MANIA:

F1Mania
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade