0

Sainz "aliviado" após primeiros pontos com a McLaren

28 abr 2019
15h12
  • separator
  • comentários

Carlos Sainz se disse "aliviado" depois de conseguir seus primeiros pontos pela McLaren em Baku.

Sainz “aliviado” após primeiros pontos com a McLaren
Sainz “aliviado” após primeiros pontos com a McLaren
Foto: Alexander NEMENOV / AFP / F1Mania

O espanhol, que abandonou na Austrália e no Bahrein, cruzou a linha na P7 em Baku, finalmente dando a ele alguns pontos na classificação para igualar o potencial que ele mostrou desde cedo em sua carreira na McLaren.

Falando aos repórteres em Baku, ele disse: "Pessoalmente, estou um pouco aliviado.

"Depois de três corridas onde tive o ritmo que tive hoje, mas por alguma razão que ainda não entendi o motivo, tivemos azar em três corridas consecutivas.

"Hoje não tivemos problemas e acabamos de demonstrar o que somos capazes de fazer.

"Nós tivemos um ótimo ritmo durante todo o final de semana. Foi uma pena que eu não tenha conseguido usá-lo ontem na qualificação por causa das bandeiras amarelas, mas hoje, depois de oito voltas, voltei para onde queria estar atacando a Force India (Racing Point) na frente.

"Desde então, mostramos um ritmo muito bom, estávamos controlando os pneus até o final, atrás de Lando [Norris] e [Sergio] Perez. Aquele (Virtual) Safety Car deu a Perez mais meio segundo, e nós não pudemos ultrapassá-lo, mas em geral estamos felizes."

Norris voltou atrás de Sainz depois de fazer uma parada nos boxes na tentativa de pressionar Perez durante o período do Virtual Safety Car. Não funcionou como planejado e Norris terminou na P8.

“Estou feliz, como equipe, não ganhamos nem perdemos pontos de onde estávamos antes da parada.

“Só queríamos ver se poderíamos ter uma vantagem maior sobre a 'Checo' para avançar, já que não tínhamos a velocidade da linha reta para ultrapassá-lo.

“Não foi uma vitória ou uma derrota no final, apenas trocamos de posição basicamente. Estou feliz com a sétima e oitava posição, bons pontos para a equipe."

Norris confirmou que a decisão de apostar foi uma combinação entre ele e a equipe.

"Foram os dois. Eu parei para ultrapassar, então se ele parasse eu não iria parar, e vice-versa", explicou ele.

“Eu poderia facilmente dizer não, 'eu não acho que você está certo', ou ficar de fora, mas apenas uma chance de fazer algo diferente, apenas algo que tentamos, eu acreditei na decisão deles.

“Eu concordei com isso e parei, então estou bem com a decisão. Foi uma decisão da equipe. Não deu certo como eu queria."

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE PARIS | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 8ª etapa:

ePRIX DE PARIS – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e a sua quarta posição

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do "F1 Festival" em 2019

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS:


F1Mania
  • separator
  • comentários
publicidade