2 eventos ao vivo

Horner lança dúvidas sobre o ritmo de corrida da Mercedes

15 mar 2019
15h41
atualizado em 16/3/2019 às 04h26
  • separator
  • comentários

O chefe da Red Bull, Christian Horner, não tem certeza se a Mercedes pode manter seu ritmo de uma volta, na corrida toda.

Horner lança dúvidas sobre o ritmo de corrida da Mercedes
Horner lança dúvidas sobre o ritmo de corrida da Mercedes
Foto: Red Bull Pool / F1Mania

Apesar de toda a conversa sobre a Ferrari estar à frente de todos, Lewis Hamilton terminou mais rápido em ambas as sessões de treinos livres, enquanto no final do FP2, a Mercedes tinha uma dobradinha na ponta, e uma vantagem de 0,8s sobre o resto do grid.

E enquanto o ritmo da equipe aparentemente tornou as estatísticas anteriores redundantes, Horner ainda não está pronto para embarcar no trem da Mercedes.

“A Mercedes pareceu rápida naquela segunda sessão, os tempos que os dois pilotos fizeram foram bem rápidos”, disse ele à Sky Sports.

"Max (Verstappen), teve um pouco de tráfego nas suas voltas rápidas, então acho que há um pouco de potencial lá, há mais mudanças de configuração por vir, e não sabemos o que as pessoas carregam de combustível, mas parece interessante".

“Nas corridas longas, parecemos bastante sensatos, e acho que o ritmo de uma volta da Mercedes naquela sessão, pareceu bastante impressionante, mas o carro parece rígido e difícil de pilotar, portanto, se isso é sustentável para um Grande Prêmio, não sei.”

Verstappen terminou o FP2 à frente de Vettel, com o holandês garantindo o terceiro, enquanto seu rival na Ferrari encerrou o processo um décimo atrás, em quinto.

No entanto, Horner estava relutante em falar das chances da Red Bull de igualar a Scuderia.

“Eu não sei, nós vamos descobrir amanhã, mas só podemos olhar para nós mesmos”, explicou ele.

“Com certeza, temos algumas coisas para melhorar, mas acho que todo mundo tem, é o primeiro dia, você começa aqui. Está tudo bem".

"A Mercedes parece muito rápida. Temos muito trabalho a fazer, e com certeza, vamos analisar muito".

"Eu acho que, em geral, o carro pareceu bem, do lado do motor, sem problemas. Eles foram muito bem e as coisas foram boas".

As coisas não foram tão fáceis para a Red Bull no departamento de motores, com Pierre Gasly sofrendo uma perda de potência no final do FP2, embora a Honda alegasse que isso não impactaria a Red Bull na corrida.

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE HONG KONG | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 5ª etapa

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS:


F1Mania

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade