1 evento ao vivo

Hamilton focado em manter hegemonia da Mercedes na era híbrida

8 nov 2018
16h04
atualizado às 16h13
  • separator
  • comentários

Lewis Hamilton, piloto da Mercedes, está focado em ajudar na conquista do Mundial de Construtores para a Mercedes, com a equipe liderando a temporada 2018 por 55 pontos de vantagem sobre a Ferrari.

Hamilton focado em manter hegemonia da Mercedes na era híbrida
Hamilton focado em manter hegemonia da Mercedes na era híbrida
Foto: Nelson Almeida/ AFP / F1Mania

O britânico conquistou seu pentacampeonato na última rodada no México, apesar de terminar fora do pódio mexicano, e está focado em ajudar a Mercedes a levar seu quinto título consecutivo e manter a hegemonia na era híbrida.

“A pressão continua a mesma, não sinto nada diferente para este final de semana”, disse Hamilton em entrevista nesta quinta-feira (8) em Interlagos.

“O título de construtores é o que mais importa agora. São duas corridas para o final da temporada ainda.

“O foco é agora ter certeza que asseguraremos o título mundial para a equipe, esta é a chave, como sempre conversamos, mais de mil pessoas estão na fábrica trabalhando duro. Este é o título que mais importa para eles, então é o que precisamos ter, então espero que possamos conquistar neste fim de semana ou no próximo”, acrescentou o pentacampeão mundial.

“Esta normalmente é a prioridade número um no começo do ano quando conversamos com a equipe, é por isso que os caras trabalham. E o bônus é se você conquista o Mundial de Pilotos também”.

Hamilton descreveu o desempenho da Mercedes nas etapas dos EUA e México como "chocante", mas acredita que a equipe tem capacidade de entender onde precisa melhorar.

"Eu acho que parte deste déficit permanece um mistério, mas eu acho que há muitas áreas que já entendemos", disse ele. "Nós chegamos em outro circuito que é mais duro nos pneus, o Brasil é sempre duro nesta área, mas nunca fomos mal aqui".

"O circuito funciona melhor para um carro mais curto, mas espero que neste fim de semana possamos colocar o carro no lugar certo e podemos lutar com as Red Bull e Ferrari que pareceram ter evoluído mais nas últimas etapas.

"A dominância da Red Bull na última corrida foi impressionante e tenho certeza que eles estarão velozes aqui novamente neste fim de semanas, assim como a Ferrari, então será difícil (superá-los)", concluiu Hamilton.

Hamilton foi o quarto colocado no GP do Brasil de 2017, em uma corrida de recuperação largando dos boxes depois de liderar todas as sessões de sexta-feira em Interlagos e terminar em segundo no TL3 do sábado, mas perdeu o controle de seu W08 na Laranjinha durante sua primeira volta no Q1 e foi parar nas barreiras de proteção.

O acidente causou danos consideráveis na dianteira de sua Mercedes, impedindo-o de continuar no restante da sessão. Como resultado, Hamilton largaria em último no grid, independentemente das penalidades dos rivais, com a Mercedes optando por colocar novas peças antes da corrida.

A F1Mania traz todas as informações do GP do Brasil 'in loco', com uma cobertura especial direto do autódromo de Interlagos.

Colaborou: Victor D. Berto

Veja alguns vídeos do nosso Canal no Youtube. Confira:

Responda nossa enquete: Quem vai vencer o Grande Prêmio do Brasil de 2018?

Veja mais sobre a Fórmula 1 2018
Classificação Mundial de Pilotos e Construtores 2018
Calendário Temporada 2018 da Fórmula 1
F1Mania

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade