2 eventos ao vivo

Di Grassi passa Wehrlein na linha de chegada e vence de forma incrível o 'sensacional' ePrix da Cidade do México

16 fev 2019
21h38
atualizado às 22h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Lucas Di Grassi venceu de forma incrível o sensacional ePrix da Cidade do México, depois de ultrapassar Pascal Wehrlein na linha de chegada da corrida deste sábado, que aconteceu no lendário Autódromo Hermanos Rodriguez. Antonio Felix da Costa, da BMW, terminou na segunda posição, à frente da Venturi de Edoardo Mortara.

Di Grassi passa Wehrlein na linha de chegada e vence de forma incrível o ‘sensacional’ ePrix da Cidade do México
Di Grassi passa Wehrlein na linha de chegada e vence de forma incrível o ‘sensacional’ ePrix da Cidade do México
Foto: FIA FE / F1Mania

Di Grassi largou na P2 e foi ultrapassado por Oliver Rowland na primeira curva, depois de uma largada impecável do piloto da Nissan e.dams, que partiu da quarta posição e superou os brasileiros Di Grassi e Felipe Massa na Curva 1 para assumir a segunda posição.

Massa, que largou em terceiro, era o sexto colocado depois da primeira volta no México.

Nelsinho Piquet trouxe então uma bandeira vermelha - que durou cerca de 18 minutos – depois de acertar a traseira da Techeetah de Jean-Eric Vergne e levantar voo. Apesar do impressionante acidente, Piquet não teve ferimentos e saiu sozinho do seu Jaguar.

Na relargada, os pilotos mantiveram suas posições: Wehrlein liderava Rowland, seguido por Di Grassi, Buemi e Da Costa. D'Ambrosio era o 12º colocado e começava sua escalada no grid.

Nos momentos finais da corrida, os cinco primeiros colocados ainda tinham um "MODO DE ATAQUE" disponível - aquela potência extra que todos podem usar duas vezes durante a corrida, comprometendo uma tangência de curva para acionar o modo.

Da Costa foi o primeiro a usar seu modo de ataque disponível e obrigou o restante a acionar também. Um a um, volta a volta, os pilotos foram acionando seus modos de ataque para se defenderem dos que vinham atrás.

Por fim, Di Grassi acabou passando Rowland depois que o piloto da Nissan errou na saída do estádio, ambos com o modo de ataque acionado, e pressionava Wehrlein com três voltas para o final da corrida.

O alemão da Mahindra foi o último a utilizar seu modo de ataque e defendeu-se bem do brasileiro da Audi, com todos os pilotos tendo suas baterias esgotadas. Di Grassi abriu a última volta com 4% de carga, contra 2% de Wehrlein.

Na primeira chicane da última volta Di Grassi colocou por fora de Wehrlein, que acabou cortando a chicane para se manter na ponta. O alemão estava sob investigação por cortar a chicane.

Sem saber da investigação, faltando 30 segundos para o fim da volta, Di Grassi foi pra cima de Wehrlein e conseguiu ultrapassar na linha de chegada, depois que o piloto da Mahindra ficou sem bateria. Uma chegada sensacional para uma corrida incrível da Fórmula E no México.

Massa pontuou pela primeira vez na categoria, depois de largar na P3 e terminar em oitavo. Seu companheiro de Venturi, Mortara, foi o terceiro colocado.

Felipe Nasr largou em 14º, mas acabou perdendo posições em sua estreia na Fórmula E com a GEOX Dragon e terminou em 19º.

Com a vitória no México, Di Grassi assume a quarta posição na classificação de pilotos, 19 pontos atrás do agora líder d’Ambrosio. Felix da Costa é o segundo com 46 pontos e Sam Bird – líder da F-E até a largada no México – é o terceiro colocado com 45 pontos.

A Fórmula E volta no dia 10 de março com o ePrix de Hong Kong, quinta etapa da temporada 2018/19, que acontecerá durante a madrugada aqui no Brasil.

Resultado final – ePrix da Cidade do México:

1) Lucas di Grassi (Audi)
2) A.F.da Costa (BMW)
3) Edoardo Mortara (Venturi)
4) J.d’Ambrosio (Mahindra)
5) André Lotterer (DS Techeetah)
6) Pascal Wehrlein (Mahindra)
7) Mitch Evans (Jaguar)
8) Felipe Massa (Venturi)
9) Sam Bird (Virgin)
10) Daniel Abt (Audi)
11) Robin Frijns (Virgin)
12) Oliver Turvey (NIO)
13) Jean-Éric Vergne (DS Techeetah)
14) Alexander Sims (BMW)
15) Tom Dillmann (NIO)
16) Gary Paffett (HWA Racelab)
17) José María López (Dragon Racing)
18) S.Vandoorne (HWA Racelab)
19) Felipe Nasr (Dragon Racing)
20) Oliver Rowland (Nissan)
21) Sébastien Buemi (Nissan)
22) Nelson Piquet Jr. (Jaguar)

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

F1 2019 | Racing Point apresenta seu carro para a Fórmula 1:

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

F1 2019 | Renault apresenta o R.S.19:

“F1 2019 | Toro Rosso apresenta o STR14":

F1 2019 | Williams apresenta o novo FW42:

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS:

F1Mania
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade