0

Dakar 2019: Equipe brasileira encara primeiro dia como aquecimento e vê espaço para melhoras

8 jan 2019
09h27
atualizado às 10h03
  • separator
  • 0
  • comentários

Marcos Baumgart/Kleber Cincea fecharam o dia com o sétimo melhor tempo entre os UTVs, enquanto Cristian Baumgart/Beco Andreotti ficaram com o 17º tempo após enfrentarem contratempos elétricos

Dakar 2019: Equipe brasileira encara primeiro dia como aquecimento e vê espaço para melhoras
Dakar 2019: Equipe brasileira encara primeiro dia como aquecimento e vê espaço para melhoras
Foto: Victor Eleuterio/photosdakar.com / F1Mania

A equipe X Rally Team teve um primeiro dia bastante positivo na abertura da 41ª edição do Rally Dakar, que nesta segunda-feira (7) percorreu 331 quilômetros (84 cronometrados) entre a capital Lima e a cidade de Pisco, percorrendo uma especial toda formada por dunas. Competindo pela primeira vez entre os UTVs, a equipe paulistana tricampeã do Sertões teve um bom desempenho a julgar o espaço de melhora detectado após o primeiro dia.

A largada para a especial de abertura do Dakar teve um atraso de quase duas horas após interrupção para verificação e atualização do sistema de GPS das motos inscritas.

Marcos Baumgart e Kleber Cincea fecharam o dia no UTV número 412 com o sétimo melhor tempo - 1h16min08s, rigorosamente o mesmo tempo da dupla sexta colocada, enquanto Cristian Baumgart e Beco Andreotti enfrentaram pequenos contratempos, mas encaram o dia como positivo após fecharem na 17ª posição.

"O dia foi bom. Tivemos uma boa colocação, vimos as parciais, estávamos bem e no final, que era a parte mais fácil, acabamos perdendo um pouco de terreno. De qualquer forma, foi um aquecimento e a avaliação é muito positiva", destaca Marcos Baumgart. "São muitos UTVs, é uma prova perigosa e não há espaço para erros. A gente começa com uma grande ansiedade, afinal é o Dakar. Olhando agora que já esfriamos, foi melhor do que esperávamos. Um bom início", completou o navegador Kleber Cincea.

Mesmo destacando a positividade do dia, Cristian Baumgart e Beco Andreotti já puderam sentir um pouco do que é o Dakar em termos de dificuldade. "Sofremos com uma pane elétrica em que o carro morria, voltava, morria e depois voltava até pararmos de vez. Nem sei quanto tempo ficamos parados para fazer o UTV voltar a funcionar, mas encaro o dia como muito positivo, pois encontramos várias áreas em que melhorias podem ser feitas", destacou Cristian Baumgart, piloto do Can-Am Maverick X3 número 398.

"Na avaliação geral, foi um dia excelente. Foi só o primeiro dia e ainda temos muito o que mexer no UTV no acerto de suspensão, melhorar o desempenho, etc.. Completamos o primeiro dia, e isso é o que importa por ora. Agora vamos melhorar o carro para amanhã", resumiu Beco Andreotti.

A vitória entre os UTVs na especial ficou com a dupla brasileira atual campeã do Dakar, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, que fecharam o dia 4min55s à frente de Marcos e Kleber e 9min26s à frente de Cristian e Beco.

O segundo dos dez dias de competição do Dakar no Peru acontece nesta terça-feira (8), quando os competidores deixam Pisco em direção a San Juan de Marcona. Serão 342 quilômetros cronometrados do total de 553.

Resultado:
1ª etapa: Lima - Pisco (84 km cronometrados)
1. Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin (Can-Am) - 1h11min13s
7. Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Can-Am) - 1h16min08s
17. Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Can-Am) - 1h20min39s

O TRAJETO DO DAKAR 2019 NO PERU

07/01 (seg): 1ª Etapa: Lima > Pisco
(Deslocamentos: 247 km; Especial: 84 km; Total; 331 km)
08/01 (ter): 2ª Etapa: Pisco > San Juan de Marcona
(Deslocamentos: 211 km; Especial: 342 km; Total; 553 km)
09/01 (qua): 3ª Etapa: 
San Juan de Marcona > Arequipa
(Deslocamentos: 467 km; Especial: 331 km; Total; 798 km)
10/01 (qui): 4ª Etapa: Arequipa > Tacna
(Deslocamentos: 313 km; Especial: 351 km; Total; 664 km)
11/01 (sex): 5ª Etapa: Tacna > Arequipa
(Deslocamentos: 264 km; Especial: 450 km; Total; 714 km)
12/01 (sab): Dia de Descanso: Arequipa
13/01 (dom): 6ª Etapa: Arequipa > San Juan de Marcona
(Deslocamentos: 520 km; Especial: 290 km; Total; 810 km)
14/01 (seg): 7ª Etapa: San Juan de Marcona > San Juan de Marcona
(Deslocamentos: 64 km; Especial: 323 km; Total; 387 km)
15/01 (ter): 8ª Etapa: San Juan de Marcona > Pisco
(Deslocamentos: 215 km; Especial: 360 km; Total; 575 km)
16/01 (qua): 9ª Etapa: Pisco > Pisco
(Deslocamentos: 96 km; Especial: 313 km; Total; 409 km)
17/01 (qui): 10ª Etapa: Pisco > Lima
(Deslocamentos: 247 km; Especial: 112 km; Total; 359 km)
TOTAL DE ESPECIAIS: 2.956 km
TOTAL DAKAR: 5.600 km

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – “Caso desista da F1, Red Bull pensa em Le Mans como opção”:

“Schumacher não respira com ajuda de aparelhos”, diz jornal britânico:

Confira os melhores momentos da Fórmula E na Arábia Saudita:

EQUIPES E PILOTOS | FORMULA E 2018/2019 | Campeonato ABB FIA Fórmula E

Assista ao “RESUMÃO” das novidades da F-E para temporada 2018/2019?

F1Mania
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade