1 evento ao vivo

Em disputa com Toyota, Senna vê Le Mans "imprevisível" e torce contra chuva

Bruno Senna acredita em mais um duelo com a Toyota em Le Mans e espera uma edição bem diferente da prova

15 set 2020
13h46
atualizado às 13h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
A Rebellion tenta surpreender a Toyota
A Rebellion tenta surpreender a Toyota
Foto: Divulgação / Grande Prêmio

Bruno Senna tenta a primeira vitória nas 24 Horas de Le Mans de 2020. Em uma edição diferente, fora de época e sem público, o brasileiro chega como um candidato forte ao triunfo com a Rebellion, formando um trio com o francês Norman Nato e o americano Gustavo Menezes. Para Bruno, dá para a equipe suíça encarar a Toyota, especialmente se a chuva não aparecer.

O paulista reconheceu que a ausência de torcedores na França fará falta. Focando na disputa em si, espera que o time siga competindo com a Toyota. Até aqui, Bruno e seus parceiros já venceram em Xangai e em Austin na temporada.

"Será uma experiência completamente diferente correr sem público em Le Mans. Não vai ser a mesma coisa sem todo aquele pessoal torcendo. A Toyota estará muito forte e será outra vez um adversário muito complicado para nós da Rebellion", explicou.

Bruno Senna forma trio com Norman Nato e Gustavo Menezes (Foto: Divulgação/MF2)

Outro ponto importante que foi destacado pelo piloto brasileiro é a diferença na iluminação, afinal, a prova costuma acontecer no verão, dias mais longos e noites mais curtas. Agora, por conta da pandemia de coronavírus, vai rolar no outono.

"Le Mans é sempre imprevisível, mas setembro traz a chance de chuva e mudanças na temperatura, provavelmente mais fria. Além disso, a parte noturna aumentará bastante. Antes, era até bem curtinha, entre cinco e seis horas, mas agora esse número poderá subir para nove", comentou.

Para Senna, a chuva pode ser um fator a jogar contra a Rebellion, visto o que aconteceu em outras etapas de 2020 com condições de pista molhada.

"O problema é se chover. Nosso carro está sofrendo muito na chuva, embora tenhamos aprendido muito em Spa, onde nossa perda de performance no piso molhado foi evidente. De qualquer forma, vamos ter de trabalhar muito mais se quisermos elevar nosso rendimento nessas condições", completou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Veja também:

Eles trabalharam em transmissões e programas esportivos na TV. Você se lembra?
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade