PUBLICIDADE

Acidente com empilhadeira causa morte na montagem de pista da FE em Berlim

Um acidente com uma empilhadeira que transportava blocos de concreto terminou em morte no Tempelhof. É lá onde a Fórmula E vai encerrar a temporada 2019/20 a partir da semana que vem

29 jul 2020 11h53
| atualizado às 12h59
ver comentários
Publicidade
Andressa Costa
Andressa Costa
Foto: Grande Prêmio

Os preparativos da Fórmula E para a série de seis corridas em Berlim ganharam contornos trágicos nesta quarta-feira (29). Durante a montagem da pista no aeroporto de Tempelhof, um acidente com uma empilhadeira causou a morte de um funcionário.

De acordo com informações do portal local RBB, uma equipe de bombeiros foi acionada por voltas das 12h locais, consequência de acidente envolvendo um veículo. Era a empilhadeira, que transportava blocos de concreto que ajudam a delimitar os perímetros da pista. A vítima, sem identidade revelada, sofreu politraumatismo e não resistiu ao impacto, cujos detalhes seguem desconhecidos. A polícia trata a morte como acidente de trabalho.

A montagem de pista da Fórmula E em Berlim teve acidente fatal
A montagem de pista da Fórmula E em Berlim teve acidente fatal
Foto: Grande Prêmio

Tempelhof é um raro exemplo de pista que precisa de blocos de concreto ao redor. É só assim que se define o traçado, que usa trechos do hoje desativado aeroporto. A Fórmula E, aliás, vai fazer uso dessa peculiaridade para realizar os seis ePs finais da temporada 2019/20 em três pistas diferentes.

A série de seis corridas em Berlim começa na próxima semana, em 5 de agosto. A última corrida é em 13 de agosto, apenas nove dias depois. António Félix da Costa parte para a capital alemã como líder, mas com pouca vantagem sobre rivais.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade