0

Pistorius comemora vaga em Olimpíada e Paralimpíada: "é surreal"

27 jul 2012
11h56
atualizado às 14h46
Marina Novaes
Direto de Londres

O velocista sul-africano Oscar Pistorius, 25 anos, único atleta que conseguiu se classificar para disputar a Olimpíada e a Paralimpíada de Londres, desembarcou nesta sexta-feira no Aeroporto de Heathrow com um sorriso no rosto e uma "sensação surreal" por poder entrar para a história mundial do esporte. Conhecido como "Blade Runner", apelido que ganhou graças à velocidade que alcança sobre as "pernas de aço", o atleta disse acreditar ter chances de conquistar uma medalha.

» Veja e vote nas atletas que brigam para entrar na lista das mais belas
» Confira a programação de ao vivo do Terra
» Coloque as notícias sobre a Olimpíada no seu site
» Veja a agenda completa para os Jogos de Londres

"Estou muito empolgado por estar aqui. É uma sensação até um pouco surreal, após cinco anos de muito trabalho, é maravilhoso estar aqui, e estou muito ansioso pelas próximas semanas", disse o atleta, em rápida entrevista ao Terra logo após seu desembarque.

Pistorius fará parte da equipe de atletismo da África do Sul. Ele conquistou, em 2011, o índice suficiente para correr os 400 m rasos nos Jogos Olímpicos, e acabou sendo convidado pela Confederação Sul-Africana de Atletismo para também correr o revezamento 4x400 m pela equipe de seu país. Questionado sobre as suas chances de medalha, "Blade Runner" preferiu comentar as possibilidades do time como um todo, evitando polêmica.

"Eu acho que nós definitivamente temos uma chance. Nós ficamos em segundo no Campeonato Mundial do ano passado e temos um time muito semelhante àquele, então estamos torcendo para conseguir um resultado bom. Acho que a África do Sul sempre teve um bom time, um trabalho bom individual, mas quando se une fica ainda mais forte", afirmou.

Apesar de lutar há anos para competir em uma Olimpíada, a participação de Pistorius tem gerado polêmica, já que alguns atletas e ex-atletas, como o recordista Michael Johnson, temem que as próteses possam ser uma vantagem competitiva e não consideram justa a competição. O atleta, porém, sempre negou as especulações, e diz que suas próteses são como um "tênis".

Pistorius, que estava treinando na Itália, confirmou sua participação na cerimônia de abertura da Olimpíada, que acontece na noite deste sexta-feira, ao lado dos colegas de delegação da África do Sul. Ainda nesta sexta, ele irá aproveitar as horas vagas para conhecer a Vila Olímpica, mas durante a competição ficará hospedado em um centro de treinamento na região de Teddington.

Pistorius chegou por volta das 11h15 (de Brasília), trajando uma calça jeans, um tênis e uma jaqueta da delegação sul-africana. Cercado de assessores, ele falou rapidamente e logo se dirigiu à Vila Olímpica, onde se encontraria com os demais colegas de equipe ainda nesta sexta. Sem as próteses de aço, usadas apenas em competição, o esportista não foi reconhecido pelo público em sua chegada, apesar de ser bastante conhecido no Reino Unido.

Olimpíada ao vivo no Terra
O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura conta com textos,vídeos,, fotos participação do internautae repercussão no Facebook.Siga também a cobertura no Twitter e participe com a hashtag: #TerraLondres2012

Fonte: Terra
publicidade