0

Após seis pódios seguidos, brasileiro sonha com inédita vitória na SS

29 dez 2017
15h48
atualizado às 17h59
  • separator
  • 0
  • comentários

O experiente Giovani dos Santos é a principal esperança do Brasil na 93ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, a ser realizada neste domingo. Após seis pódios consecutivos, o atleta sonha com a possibilidade de enfim conquistar o título da prova disputada pelas ruas de São Paulo.

"Subir no pódio seis vezes é para poucos. Espero que todos os brasileiros fiquem contentes com meu resultado, independentemente de qual seja, mas vou procurar subir no lugar mais alto para dar alegria à torcida. Sei que eles torcem muito por mim", disse Giovani na tarde desta sexta-feira.

O atleta encerrou a São Silvestre na quarta colocação quatro vezes e alcançou mais dois quintos lugares - os cinco primeiros sobem ao pódio. Na prova deste domingo, como de costume, o brasileiro de 36 anos terá como principais adversários os africanos, alguns com preparação especial para a corrida.

"Nós, que competimos aqui de janeiro a janeiro, ao final do ano estamos desgastados. Já os africanos chegam mais descansados. Mas isso não quer dizer nada. Você precisa acreditar no seu trabalho e colocar em prática o que treinou para, quem sabe, conseguir ganhar", projetou.

No último dia 3 de dezembro, Giovani dos Santos venceu pela sexta vez consecutiva a tradicional Volta da Pampulha, disputada em Belo Horizonte. A hegemonia ampliada na prova mineira serve de combustível para o atleta em busca do sonho na São Sivestre.

"A gente sabe que a Pampulha também é uma prova difícil de vencer, é uma competição internacional, com africanos na disputa. Ganhando, você fica com uma expectativa a mais de chegar na São Silvestre e poder fazer uma boa prova", afirmou.

Na prova masculina, além de Giovani dos Santos, o Brasil contará com Franck Caldeira, ganhador da edição de 2006 da São Silvestre. No feminino, as principais esperanças são Tatiele de Carvalho, sétima colocada em 2016, e Joziane Cardoso. As mulheres largam às 8h40 (de Brasília) deste domingo, 20 minutos antes dos homens.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade