0

4×100 masculino está credenciado para disputar pódio olímpico

27 mai 2020
14h52
atualizado às 14h52
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em maio de 2019, a equipe brasileira masculina de revezamento 4×100 conquistou o título inédito do Mundial em Yokohama. A vitória no Japão credenciou os atletas à disputa das Olimpíadas de Tóquio, e com chances de pódio.

Por conta da pandemia, que resultou no isolamento social, os treinos do quarteto está suspenso e sem previsão de voltas. Isso fez também com que muitas competições ao redor do mundo fossem canceladas. Em Yokohama e em Lima, o grupo foi formado por Rodrigo Nascimento, Jorge Vides, Derick Souza e Paulo André Camilo de Oliveira. Em Doha, onde o Brasil garantiu a vaga nos Jogos Olímpicos, Vitor Hugo dos Santos substituiu Jorge Vides.

Quarteto brasileiro foi 4º colocado em Doha, e garantiu vaga nos Jogos de Tóquio (Foto: Divulgação)
Quarteto brasileiro foi 4º colocado em Doha, e garantiu vaga nos Jogos de Tóquio (Foto: Divulgação)
Foto: Gazeta Esportiva

O técnico da equipe, Felipe de Siqueira, elogiou o grupo e falou das chances do Brasil nas próximas edições das Olimpíadas: "Temos um time jovem e as boas atuações de 2019 servem para dar mais confiança ainda ao grupo para os Jogos de Tóquio e de Paris-2024", comentou.

Sobre as dificuldades de trabalhar durante a pandemia, Paulo André, um dos velocistas fala sobre o momento atual, em que os atletas estão treinando com seus técnicos pessoais para chegarem na melhor forma possível: "O Brasil tem um grupo muito bom de velocistas e com grande potencial. O objetivo é cada um melhorar individualmente. O resultado do revezamento será consequência".

Veja também:

Dérbi paulista e Gre-Nal prometem esquentar a quarta-feira de decisões nos estaduais
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade