1 evento ao vivo

Tiago Nunes avalia empate contra a Chape e já projeta Boca Juniors

5 mai 2019
14h13
atualizado às 14h13
  • separator
  • comentários

Depois do empate contra a Chapecoense fora de casa, o técnico Tiago Nunes, do Athletico-PR, concedeu entrevista coletiva na Arena Condá. Além de avaliar a atuação do time alternativo na partida de hoje, o treinador analisou o próximo compromisso da equipe, contra o Boca pela Libertadores.

"Fizemos um bom jogo, um jogo equilibrado. É claro que nos frustra um pouco não levar os três pontos para casa, já que dominamos o adversário em boa parte da partida. Aproveitamos alguns desequilíbrios da Chapecoense, mas nos faltou um pouco mais de concentração para conseguir sustentar o resultado", analisou o treinador.

Para a partida da manhã deste domingo, Tiago Nunes escalou uma equipe alternativa. Dos titulares, apenas Santos e Léo Pereira foram para a partida. Alguns atletas inclusive jogaram uma partida de Campeonato Brasileiro pela primeira vez, e foram elogiados pelo treinador.

"É preciso enaltecer a disposição que os jogadores tiveram hoje. Um grupo praticamente todo novo. Alguns jogadores estreando em série A, como o Vitinho e o Erick. Então colhemos mais coisas positivas hoje do que negativas", disse.

Tiago também ressaltou a dificuldade da equipe em conseguir resultados fora de casa. Segundo o treinador, a escolha por uma formação diferente para a partida contra a Chape foi pensando em mudar as características do time.

"Precisamos criar repertório. Nossa equipe vem há algum tempo sem ter sucesso fora de casa, sempre tentando ser uma equipe muita agressiva.  Hoje resolvemos mudar um pouco, com um jogo mais conservador, aumentamos a estatura da equipe. Conseguimos ter sucesso defensivamente na maior parte do tempo. A ideia era criar um repertório diferente para mudar a lógica dos resultados", analisou.

O próximo compromisso do Furacão será contra o Boca Juniors, em La Bombonera, pela Copa Libertadores. A equipe já está classificada, por isso não depende do resultado na Argentina para continuar na competição. Já pensando no mata-mata, Tiago mostrou confiança em seus jogadores.

"Depois do jogo do Boca vamos entrar em uma nova fase da Libertadores. Nossa equipe, desde o ano passado, vem se dando bem em jogos mata-mata. Vamos agora tentar explorar o máximo de cada jogador. Vamos criar o máximo de alternativas entendendo as características do adversário", disse.

E pelo que relatou o treinador, o Athletico-PR não vai com pressão para a partida. "Tenho falado para os jogadores para irmos lá sem o peso do resultado, porque já estamos classificados. A nossa proposta inicial para a Libertadores era conseguir a classificação entre os dois primeiros do grupo. Vamos leves para jogar lá, sem preocupação com o resultado, mas com o compromisso de jogar bem", finalizou Tiago Nunes.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade