3 eventos ao vivo

Seis meses suspenso por polêmico doping, Thiago Heleno está liberado para voltar a jogar

1 out 2019
14h00
atualizado às 14h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Fim do terror. Thiago Heleno finalmente está liberado para voltar a jogar pelo Athletico Paranaense, após seis meses de punição por polêmico caso de doping.

Sem entrar em campo desde do dia 1º de maio, na derrota do Furacão para o Fortaleza por 2 a 1, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, o zagueiro foi pego no exame antidoping após a vitória sobre o Tolima por 1 a 0, na Libertadores, 9 de abril, pelo uso de higenamina- uma substância presente em suplementos, mas proibida pelo antidoping.

(Foto: Fabio Wosniak/Site Athletico-PR)
(Foto: Fabio Wosniak/Site Athletico-PR)
Foto: Gazeta Esportiva

O clube assumiu a responsabilidade no caso, e afirmou que havia sido um erro de nutricionistas, já desligados da instituição. Presidente do Conselho Deliberativo, Mário Celso Petraglia chegou a ceder entrevista dizendo que tanto Thiago Heleno, como Camacho (também pego no exame pelo uso da mesma substância), eram vítimas e que a culpa era única e exclusivamente do Athletico.

O meio-campista Camacho cumprirá punição até o próximo dia 24, seis meses após realizar o teste.

'General Heleno', como é chamado carinhosamente, já estará relacionado para a partida contra o Bahia, no próximo sábado, em Salvador, segundo treinador Tiago Nunes. "Se eu não relacioná-lo contra o Bahia, ele me mata. E olha que o cara é grande, não dá pra dar mole", brincou.

Sem o camisa 44, o técnico do Rubro-Negro revezou quatro jogadores na posição: Robson Bambu, Lucas Halter, Léo Pereira e Pedro Henrique.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade