PUBLICIDADE
Logo do

Athletico Paranaense

Meu time

Preparador do Athletico-PR é multado em R$ 11 mil após expulsão nas semis da Sul-Americana

12 out 2021 19h20
| atualizado às 19h44
ver comentários
Publicidade

O preparador físico do Athletico-PR, Túlio Flores dos Santos, foi expulso por reclamação durante a partida entre Furacão e Peñarol pela ida das semifinais da Copa Sul-Americana. Como punição, além de não poder estar presente no banco durante a final da competição contra o Red Bull Bragantino, o integrante da comissão técnica rubro-negra foi multado pela Conmebol.

O valor da multa é de 2 mil dólares americanos (aproximadamente R$ 11 mil na cotação atual), conforme informou a entidade por meio de seu site oficial. A quantia será debitada automaticamente do pagamento que Túlio receber do Athletico referente aos direitos televisivos ou de patrocínio.

Ainda segundo a Conmebol, o preparador físico não tem direito a recurso de apelação pela decisão.

A partida em que Túlio foi expulso foi realizada no último dia 23 de setembro e terminou em vitória do Athletico por 2 a 1 no Uruguai. Jogando em casa, o Furacão voltou a vencer, desta vez por 2 a 0, sacramentando a vaga na decisão da Sul-Americana, a ser disputada no dia 20 de novembro, contra o Bragantino, em Montevideo.

Confira o comunicado emitido pela Conmebol na íntegra: 

O Juiz Único da Comissão Disciplinar da CONMEBOL,

RESOLVE

1º. CONFIRMAR o jogo de suspensão automática imposto ao oficial TÚLIO FLORES DOS SANTOS, não acordando nenhum jogo adicional de suspensão. A presente sanção deverá ser cumprida conforme o disposto nos Artigos 73 e seguintes do Código Disciplinar da CONMEBOL.

2º. IMPOR ao Oficial TÚLIO FLORES DOS SANTOS uma multa de USD 2.000 (DOIS MIL DÓLARES AMERICANOS) em virtude do Artigo 16.6 do Código Disciplinar da CONMEBOL. O valor desta multa será debitado automaticamente da quantia recebida pelo seu Clube por direitos Televisivos ou de Patrocínio.

3º. NOTIFICAR ao Oficial TÚLIO FLORES DOS SANTOS.

Contra esta decisão não cabe recurso de apelação.

Eduardo Gross Brown

Presidente

Comissão Disciplinar

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade