2 eventos ao vivo

Para se manter entre os primeiros, Goiás faz duelo em casa com o Athletico-PR

Os dois times estão separados por apenas dois pontos na tabela de classificação do Brasileirão

13 jun 2019
10h04
atualizado às 10h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Com três vitórias nos últimos quatro jogos, o Goiás tem a missão de se manter entre os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro, até para trabalhar com mais tranquilidade durante a paralisação dos torneios de clubes para a disputa da Copa América. O último compromisso antes da parada será em duelo direto contra o Athletico-PR, marcado para as 20 horas desta quinta-feira, no Serra Dourada, pela nona rodada.

O Goiás tem 12 pontos, apenas dois a mais que os paranaenses, mas tem um jogo a menos. Isso porque a partida contra o Corinthians, que seria realizada em 1º de junho, pela sétima rodada, foi adiada. Ou seja, uma vitória nesta quarta pode levar o time a sonhar alto na retomada do campeonato.

Para buscar o resultado positivo, o técnico Claudinei Oliveira terá de fazer pelo menos duas mudanças na escalação em razão de baixas por lesão. O zagueiro David Duarte rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo, enquanto o meia Léo Sena sofreu uma nova lesão muscular.

Substitutos dos lesionados durante a vitória por 3 a 1 sobre a Chapecoense, na última segunda-feira, Rafael Vaz e Yago Felipe devem ficar com as vagas na defesa e no meio de campo, respectivamente.

Athletico-PR continua busca por fim de jejum fora de casa

Sem vencer fora de casa há dez jogos, o Athletico-PR terá a última chance de encerrar o jejum antes da pausa do Campeonato Brasileiro para a Copa América. Os dois times estão separados por apenas dois pontos na tabela. Os paranaenses têm dez, contra 12 do adversário. Além do equilíbrio indicado pela pontuação, o Athletico sabe que vai ser difícil encerrar o jejum como visitante logo em Goiânia, onde não tem um bom retrospecto contra o Goiás.

Em 21 confrontos disputados entre as duas equipes na capital goiana, o time paranaense venceu apenas em três oportunidades, a última por 2 a 0, em 2010, pela 11ª rodada do Brasileirão. Nos outros duelos, foram cinco empates e 13 vitórias do time da casa, quatro delas após o último triunfo atleticano.

Em busca do fim do jejum, Tiago Nunes fará mudanças. Uma das novidades deve ser a entrada de Abner na lateral esquerda. Titular da posição na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, Márcio Azevedo recebeu muitas críticas pelo pênalti cometido em Dudu e será sacado.

O atacante Marco Ruben, poupado no jogo contra o Palmeiras, e o volante Lucho González, que ficou no banco, voltam ao time titular. Renan Lodi continua de fora, uma vez que não foi cortado da seleção olímpica, embora não tenha se apresentado. Ele não foi liberado pelo clube, que recorreu ao STJD para poder utilizá-lo, mas teve o pedido negado.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade