1 evento ao vivo
Logo do Atlético-PR
Foto: terra

Atlético-PR

Fabiano Soares destaca chances de gols perdidas pelo Atlético-PR

23 jul 2017
21h48
atualizado às 21h48
  • separator
  • comentários

O Atlético Paranaense voltou a tropeçar no Campeonato Brasileiro jogando em casa e perdeu por 1 a 0 para a Ponte Preta, na Arena da Baixada, se complicando na competição. O técnico Fabiano Soares, que comandou o segundo jogo desde que chegou ao clube, já sentiu pressão da torcida, mas minimizou as críticas, destacando que a equipe teve mais volume de jogo.

"Nós tivemos o controle do jogo e, em dois lances, fizeram dois gols. Fiz as mudança por jogadores que não estavam bem, ou estavam cansados, e a equipe melhorou", disse o comandante rubro-negro, que ainda pontuou as inúmeras tentativas de marcar, boa parte parando nas mãos do goleiro Aranha. "A equipe tentou e, estamos chateados pela derrota, é claro. Mas, tivemos chances de fazer os gols", acrescentou.

Uma das atuações que se salvaram em campo foi a de Felipe Gedoz, que entrou bem na partida, mas o treinador pede paciência para que o atleta retome seu ritmo ideal. "Gedoz é um grande jogador, gosto dele, como gosto do Guilherme. Grandes jogadores sempre têm espaço na equipe. Mas ele vem de muito tempo parados e tentamos dar ritmo. Hoje o Guilherme não estava 100% e preferi colocar o Felipe, que vai ganhar ritmo para mostrar o grande jogador que é", avaliou.

Para encarar o Grêmio, quinta-feira, quando terá que tirar uma grande diferença para seguir na Copa do Brasil, Fabiano ainda vai pensar no que fazer, mas sabe que, mesmo sem classificação, precisa voltar a vencer. "Ainda não pensei. Estava focado neste jogo. Agora, quando chegar em casa, pensarei o que fazer. É um resultado difícil, mas vamos jogar no nosso campo. Se somos capazes, não sei. Temos que ganhar o jogo e dar tranquilidade à equipe", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade