0

Athletico-PR tem meio time de reforços, mas fica sem Autuori contra o Grêmio

Técnico foi punido pelo STJD quando ainda estava no Botafogo e não poderá comandar a equipe à beira do gramado

25 out 2020
14h51
atualizado às 14h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Athetico-PR vai ter o retorno de mais de meio time para o duelo frente ao Grêmio neste domingo, às 18h15, na Arena da Baixada, pela 18.ª rodada. Poupados contra o Peñarol, na Copa Libertadores, retornarão para o Brasileirão. A baixa, na verdade, será fora de campo porque o técnico Paulo Autuori está suspenso e não vai estrear ao lado do gramado.

As voltas estão em todos os setores, com os zagueiros Thiago Heleno e Pedro Henrique, o lateral-esquerdo Abner e os volantes Christian e Wellington. Isso sem contar o atacante Renato Kayzer, que não foi inscrito nesta primeira fase da Libertadores.

Apesar de ocupar a função de técnico do Athletico até que outro profissional seja contratado, Autuori não poderá estar à beira do gramado, pois cumpre uma punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), recebida ainda quando dirigia o Botafogo.

De acordo com o clube, Bernardo Franco comandará a equipe. O profissional faz parte da comissão técnica do time de aspirantes.

Mesmo tendo um jogo decisivo contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, na quarta-feira, o Athletico não poupará jogadores para o duelo frente ao Grêmio por estar na zona de rebaixamento. O clube rubro-negro, há sete jogos sem vencer, tem apenas 16 pontos. Sem contar que a lista e baixas é grande.

O lateral Jonathan, se recuperado de lesão, assim como o meia Jorginho nem devem ser relacionados. A tendência é que voltem ao time apenas na próxima rodada. O desfalque certo é o meia Léo Cittadini, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Após testarem positivo para covid-19 no Uruguai, Walter sendo reincidente, o atacante e o zagueiro Lucas Halter passarão por uma nova testagem. Mas devem seguir isolados, sob as prescrições dos responsáveis de saúde.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade