4 eventos ao vivo

Athletico-PR é notificado por doping de Thiago Heleno e Camacho na Libertadores

Jogadores foram flagrados por uso de um complemento nutricional proibido durante jogos da fase de grupos da competição

11 mai 2019
19h58
atualizado às 19h58
  • separator
  • 0
  • comentários

O Athletico-PR foi notificado pela comissão antidoping da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) de que os jogadores Thiago Heleno e Camacho foram flagrados por uso de um complemento nutricional proibido durante jogos da fase de grupos da Copa Libertadores.

O zagueiro Thiago Heleno foi pego após a partida contra o Tolima, no dia 9 de abril, pela quarta rodada do Grupo G, e o volante Camacho depois do jogo contra o Jorge Wilstermann, no dia 24 de abril, na quinta rodada. O defensor já foi suspenso preventivamente pela entidade e Camacho ainda aguarda contraprova.

Thiago Heleno também já desfalcou o time nos últimos dois jogos da fase de grupos da Libertadores, contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia, e Boca Juniors, na Bombonera, após a notificação. Os jogadores e o clube podem recorrer e explicar a situação.

As suspensões ocorreram porque alguns jogadores, indicados por um nutricionista do Athletico-PR, usaram um termogênico, que serve para acelerar o metabolismo, e que contém uma substância proibida pela Conmebol.

O meia João Pedro, emprestado ao Paraná, e o volante Bruno Guimarães, também utilizaram o termogênico, mas não foram a campo pela Libertadores. Conmebol, Athletico-PR e os representantes dos jogadores envolvidos neste caso de doping revelado agora ainda não se pronunciaram oficialmente sobre as suspensões.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade