PUBLICIDADE
Logo do

Atlético-MG

Meu time

Réver elogia Cuca e jogadores do Atlético-MG: 'O grupo todo é capaz'

Equipe atleticana volta suas atenções à Copa Libertadores, onde tem duelo importante contra o América de Cali

8 mai 2021 22h10
| atualizado às 22h10
ver comentários
Publicidade

Um dos líderes do elenco do Atlético Mineiro, o zagueiro Réver aproveitou a tranquila classificação do time à final do Campeonato Mineiro, após o empate por 1 a 1 com o Tombense no Mineirão, para enaltecer a força de todo o grupo atleticano. E também elogiou o técnico Cuca e sua comissão técnica.

"Atingimos nosso primeiro objetivo, que era chegar à final. Agora é buscar o título. É uma prova de que o grupo todo é capaz, que nosso grupo tem muita qualidade. Alguns jogadores têm jogado mais o Mineiro e outros só a Libertadores, mas todos estão juntos, o que prova a união e a força do grupo", comentou.

Com sua experiência, Réver vê com otimismo a sequência de trabalho dos atleticanos, principalmente com a evolução do trabalho de Cuca. "Ele chegou aqui num momento de questionamento, bem complicado. Mas os resultados positivos são a resposta. É preciso dar continuidade ao trabalho do Cuca que já mostrou toda sua capacidade, tanto aqui no Atlético como em outros clubes", reforçou.

O zagueiro também fez questão de enaltecer o adversário da semifinal, o Tombense, campeão do interior na temporada. "Quero parabenizar o Tombense, porque é um clube do interior e que chegou às semifinais com merecimento. Eles fizeram dois bons jogos contra nós, mas prevaleceu a nossa maior força."

Sobre o jogo, ele reconheceu que o time tirou o pé após marcar seu gol com Eduardo Sasha, o que aumentou a vantagem conquistada ainda no primeiro jogo que terminou 3 a 0. "Chegar à final era nosso objetivo e sentimos que estávamos com a vaga nas mãos. Agora é pensar no jogo de quinta-feira, pela Libertadores, e depois focar na decisão do Mineiro", enfatizou.

No meio de semana, o Atlético vai para enfrentar o América de Cali pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. O time mineiro lidera o Grupo H, com sete pontos, enquanto o time colombiano é o lanterna, com um ponto.

Estadão
Publicidade
Publicidade