PUBLICIDADE
Logo do

Atlético-MG

Favoritar Time

Hulk é absolvido pelo STJD por denúncia de agressão e Atlético-MG recebe multa por atraso contra o Coritiba

18 mai 2022 15h47
ver comentários
Publicidade

O atacante do Atlético-MG, Hulk, foi absolvido por unanimidade nesta quarta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva após ser denunciado por uma suposta agressão no duelo contra o Coritiba pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o camisa 7 cometeu falta em Thiago Farias, em disputa de bola, e recebeu cartão amarelo.

O camisa 7 do Galo participou de forma virtual do julgamento para "explicar realmente o que ocorreu, mediante tudo que foi falado na mídia sobre esse lance", conforme depoimento dado ao STJD.

Na última semana, ao saber do julgamento, o time mineiro repudiou a situação, classificando-a como uma "iniciativa esdrúxula". Da mesma forma, Hulk se disse surpreso ao ser informado sobre a denúncia, em coletiva realizada após o julgamento.

O jogador ainda falou sobre seu histórico de nunca ter sido expulso de uma partida por agressão e garantiu que foi apenas um lance normal de jogo, na tentativa de recuperar a bola do adversário. "São quase 16 anos e nunca fui expulso e nem desleal", declarou.

"Considero lance normal. Teve árbitro de vídeo no jogo que não entendeu com gravidade. Se eu achar que eu consigo chegar na bola eu vou repetir. Nunca vou ser desleal com nenhum atleta e nunca fui", finalizou.

Por outro lado, o Atlético-MG foi multado em R$ 1 mil e o Coritiba em R$ 3 mil, por atrasarem o reinício do jogo.

O Atlético-MG tem seu próximo compromisso nesta quinta-feira, diante do Independiente del Valle, pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. A equipe entra em campo às 19 horas (de Brasília), no Mineirão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade