3 eventos ao vivo

Galo tem tarde pouco animada, mas arranca empate no finalzinho

25 fev 2018
19h09
atualizado às 19h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Em relação aos últimos jogos, o Atlético fez uma tarde de domingo pouco animadora. Em duelo contra o Tupi, em Juiz de Fora, a equipe de Belo Horizonte ficou apenas no empate, com gol conquistado no finalzinho, aos 43 minutos do segundo tempo, com o camisa 10 Cazares. O resultado deixa o Galo na terceira colocação, com 12 pontos, e o Tupi na sétima, com 10, na tabela do Campeonato Mineiro.

Embora seu time não tenha ido tão bem, nesta tarde de domingo, o técnico Thiago Larghi mostrou ter estrela: o gol marcado foi de Cazares, que deixou o banco de reservas aos 20 minutos do segundo tempo.

O Tupi interrompeu a série de vitórias do Atlético. O Galo chegou para a partida animado com duas vitórias consecutivas: a primeira sobre o América, por 3 a 0, e a segunda sobre o Botafogo-PB, por 4 a 0, duelo válido pela Copa do Brasil. Os dois triunfos mudaram o clima dentro da Cidade do Galo, dando moral para Thiago Larghi.

Pelo Campeonato Mineiro, o Atlético agora se prepara para enfrentar o Cruzeiro, no próximo domingo, no Independência. O Tupi recebe o Boa Esporte, novamente em casa. O Galo no meio de semana terá o Figueirense, pela Copa do Brasil.

Primeiro tempo

O Atlético iniciou o confronto buscando ter o controle da partida. A equipe de Thiago Larghi trocava passes sempre buscando as melhores jogadas para avançar ao ataque. O Galo não ficava exposto - algo que mostra mais uma mudança de Larghi em relação ao Oswaldo Oliveira.

A primeira grande chance atleticana aconteceu aos 8 minutos. Ricardo Oliveira recebeu a bola na frente e chutou. O goleiro fez a defesa.

No minuto seguinte, Oliveira perdeu um gol feito: ele recebeu o passe de Erik na pequena área, mas chutou o vento e ficou se lamentando pela jogada perdida.

O Galo buscava bastante o jogo pela direita, acionando muito Patric e o volante Elias. O atacante Erik, mais uma vez, jogava centralizado, contribuindo no momento defensivo, fazendo uma boa recomposição e alternando as pontas com o meio no momento ofensivo.

Quem não faz…

O Galo levou. A equipe atleticana que tinha o controle do jogo, deixou o Tupi chegar. Em um chute de fora da área, aos 16 minutos, Vitinho colocou a bola no cantinho do goleiro Victor.

Depois de sofrer o gol, o Atlético piorou em campo. O Tupi passou a avançar mais ao ataque, e deixava clara a dificuldade que o Galo tinha em sair jogando, para fazer a transição defesa-ataque. A responsabilidade para esta função era de Arouca, que não fazia um bom jogo.

Com a partida equilibrada, o jogo perdeu em chances reais. O Galo parou de criar e o Tupi também encontrava certa dificuldade para penetrar na defesa alvinegra.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, novamente o Galo assumiu o controle do jogo. A equipe preto e branca tinha a posse de bola e se lançava ao ataque. Elias teve seu posicionamento alterado, passou a colar mais nos homens de frente, deixando Arouca como a única opção a frente dos zagueiros.

Aos 13 minutos o Galo teve uma bela oportunidade. Elias, na entrada da área, encontrou Ricardo Oliveira. O camisa 9 dominou a bola, mas a bola caiu na canhota e a finalização não foi boa.

Aos 16 minutos o Atlético novamente chegou com bastante perigo. Em boa jogada de Elias, a redonda chegou limpa para Roger Guedes. O atacante chutou no canto, mas Vilar fez a defesa.

Sem conseguir empatar a partida, o técnico Thiago Larghi resolveu fazer alterações na equipe para dar ânimo novo ao ataque. Primeiro ele colocou Cazares e Luan nas vagas de Erik e Roger Guedes. Pouco depois, mandou Otero na vaga de Thomas Andrade.

E resolveu: aos 43 minutos do segundo tempo, Cazares, de fora da área, chutou forte e guardou, dando números finais ao duelo.

FICHA TÉCNICA

TUPI 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Radialista Mário Helênio, Juiz de Fora (MG)

Data: 25 de fevereiro de 2018, domingo

Horário: 17h (de Brasília)

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira

Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer e Pedro Araújo Dias Cotta.

Gols: Vitinho, aos 16 minutos do primeiro tempo (Tupi); Cazares, aos 43 minutos do segundo tempo (Atlético)

Cartões: Patric, Roger Guedes (Atlético); Léo Salino, Léo Costa (Tupi)

TUPI - Vilar; Afonso, Mateus, Sidimar e Patrick Brey; Léo Costa e Léo Salino; Vitinho (Patrick), Tchô (Marcel) e Renato Kayser (Diogo Henrique); Reis.

Técnico: Ricardo Leão

ATLÉTICO - Victor, Patric, Maidana, Gabriel, Fábio Santos, Arouca, Elias, Thomas Andrade (Otero), Erik (Cazares), Roger Guedes (Luan) e Ricardo Oliveira.

Técnico: Thiago Larghi.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade