PUBLICIDADE
Logo do

Atlético-MG

Meu time

Dodô comemora retorno e ressalta o jogo da Libertadores: "Empate na Bombonera nunca foi resultado ruim"

19 jul 2021 17h53
| atualizado às 17h53
ver comentários
Publicidade

O Atlético-MG foi a campo no último sábado contra o Corinthians, pelo Brasileiro, e contou novamente com atuação do lateral Dodô. O atleta havia jogado poucos minutos no empate contra o Boca Juniors, pela Libertadores, e ficou 90 minutos em campo na vitória diante do clube paulista.

Dodô sofreu entorse no tornozelo esquerdo justamente no jogo de ida da Libertadores e, desde então, tratou na fisioterapia do clube. O lateral ressaltou, em entrevista coletiva, a grandeza do adversário e não deu muitas pistas das mudanças que o técnico Cuca fará na defesa no próximo duelo.

"O Boca é um grande time. Não só os jogadores que estão jogando pelo clube hoje, mas a história do Boca é muito importante no nosso continente e tem que ser respeitada", afirmou.

Sobre o empate por 1 a 1, o jogador disse que o resultado não é ruim, já que jogaram fora de casa. Para o próximo jogo, Dodô relatou que a ansiedade não será suficiente para atrapalhar, mas todos estão com uma expectativa alta.

"Já tenho alguns anos de experiência e sei controlar essa ansiedade. Óbvio que a expectativa está grande. É um jogo importante, um jogo que vale muito para nós, jogadores, e para o clube. É um objetivo grande (a Libertadores) nosso esse ano", declarou

O atleta finalizou agradecendo o Departamento Médico do Atlético-MG e ressaltou a qualidade dos profissionais.

"Foram semanas de muito empenho, um tratamento de horas e horas. Já agradeci publicamente, mas deixo novamente meu agradecimento ao Departamento do Atlético. O prazo era um pouquinho mais longo do que foi. Conseguimos um resultado bom", encerrou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade