3 eventos ao vivo

Atlético-MG recebe o Fortaleza para se manter entre os primeiros no Brasileirão

Após eliminação na Copa do Brasil perante o Cruzeiro, técnico Rodrigo Santana crê que time vai evoluir no campeonato

21 jul 2019
11h12
atualizado às 11h12
  • separator
  • 0
  • comentários

Eliminado na Copa do Brasil para o arquirrival Cruzeiro, o Atlético-MG divide, agora, suas atenções entre o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana. Pelo torneio nacional, em que a missão é se manter no grupo dos primeiros colocados, o time mineiro recebe o Fortaleza neste domingo, às 16 horas, no Independência.

O Atlético-MG faz boa campanha no Brasileirão. Vem de vitória de virada sobre a Chapecoense na Arena Condá, na retomada da competição, no último domingo, e soma 19 pontos, sete a menos que o líder Palmeiras.

Apesar do insucesso na Copa do Brasil, o técnico Rodrigo Santana aprova o desempenho recente da equipe e crê que seus comandados irão evoluir ainda mais. "Aos poucos a gente está conseguindo adiantar o time, colocando essa intensidade. A ideia é que, até o final do ano, a gente consiga atuar dessa forma que a gente quer."

Apesar do duelo das oitavas de final da Sul-Americana contra o Botafogo, no Engenhão, ser já na próxima quarta-feira, o treinador deve escalar o que tem de melhor contra o Fortaleza neste domingo. Apenas quem estiver muito desgastado fisicamente ficará de fora. Um deles é o volante Jair, que ganhou a vaga de titular recentemente e será poupado em razão da condição física. Zé Welison será o titular.

Segundo o treinador, outro que dificilmente vai atuar é o venezuelano Otero. O meia retornou de empréstimo ao futebol árabe recentemente e ainda busca o ritmo de jogo ideal. De acordo com Santana, há cautela e cuidado para não "estourar" o jogador. Caso também do atacante Luan, que, se for preservado, dará vaga a Geuvânio.

Homenagem

Antes do duelo, o ex-jogador Adílson será homenageado. Ele teve de se aposentar do futebol em razão de um problema cardíaco - uma cardiomiopatia hipertrófica - e passou a ser um dos integrantes da comissão técnica atleticana.

Com 99 jogos disputados pelo Atlético-MG, Adilson receberá uma camisa personalizada e uma placa de agradecimento. Além disso, o novo membro da comissão técnica atleticana entrará em campo junto dos jogadores e dará o pontapé inicial da partida. Seu nome e o número que usava, o 21, estamparão as camisas de todos os jogadores no confronto.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade