0

Após erro, A. Ramón brilha e Cruzeiro empata com Atlético-MG

8 abr 2012
17h57
atualizado às 20h35

A partida mais esperada da primeira fase do Campeonato Mineiro terminou sem vencedores em Sete Lagoas, mas com um gosto amargo para o líder do Estadual. Após sair vencendo por 2 a 0, o Atlético-MG vacilou no segundo tempo e perdeu o aproveitamento de 100% no Estadual ao sofrer dois gols de Anselmo Ramón, que se recuperou de um gol incrível, decretou o placa final de 2 a 2 e manteve o Cruzeiro com chances de buscar a liderança da primeira fase da competição.

Os dois gols do time alvinegro comandado por Cuca foram marcados no primeiro tempo da partida em Sete Lagoas. Primeiro foi Danilinho, que contou com a desatenção da defesa celeste para abrir o placar de cabeça aos 24min de jogo. Ainda na etapa inicial, aos 38min, o ataque atleticano conseguiu uma rápida troca de bolas na entrada da área até o artilheiro André, em cima da linha, empurrar para a rede.

Já os cruzeirenses descontaram aos 14min da etapa complementar, com Anselmo Ramon. O atacante, que minutos antes havia perdido uma chance incrível - na pequena área, livre e com o gol aberto -, contou com uma saída errada de Renan Ribeiro e cabeceou para anotar o primeiro tento celeste na partida. O próprio Anselmo Ramón garantiu o 2 a 2 ao marcar novamente aos 34min.

Agora, os dois rivais mineiros voltam suas atenções para a Copa do Brasil e regressam a campo nesta quarta-feira, pela ida da segunda fase do torneio nacional. O Atlético-MG viajará ao Amazonas para encarar o Penarol às 20h30 (de Brasília), enquanto o Cruzeiro precisará viajar uma distância muito menor para encarar a Chapecoense, às 21h50, em Santa Catarina.

Pelo Mineiro, o ainda líder Atlético-MG, com 28 pontos, encerra a fase classificatória no próximo domingo fora de casa, encarando o Tupi, às 16h. No mesmo horário, o Cruzeiro, que aparece na segunda colocação com 25 pontos, será mandante na Arena do Calçado, em Nova Serrana, contra o Uberaba.

O jogo

O clássico começou muito tenso, com muitas discussões, simulações e faltas. Não à toa, o primeiro lance de risco ocorreu apenas aos 15min: Guilherme recebeu ótimo passe de Danilinho e finalizou colocado. Marcelo Oliveira desviou para escanteio.

Aos poucos, Atlético-MG e Cruzeiro passaram a jogar um futebol mais apresentável. O time alvinegro se impôs frente ao arquirrival e marcou pela primeira vez aos 24min: Richarlyson fez ótimo cruzamento da esquerda e Danilinho, livre, se agachou e cabeceou cruzado. Fábio só olhou a bola entrar.

Depois do placar inaugurado, o Atlético-MG se fechou um pouco e o Cruzeiro cresceu no confronto. Os comandados de Vágner Mancini atacaram predominantemente pelo lado direito do ataque. O time celeste, contudo, não criou muitas jogadas de perigo. E, no momento em que o Cruzeiro melhorava, André ampliou a vantagem aos 38min.

Quando as duas equipes foram para o vestiário, Danilinho e Montillo bateram boca. A discussão gerou grande polêmica. Contudo, os seguranças das duas delegações evitaram que a confusão se prolongasse.

Na volta do intervalo, Vágner Mancini efetuou duas modificações. Everton e Roger substituíram Marcos e Wallyson, respectivamente - e, com isso, o técnico colocou a tática treinada durante toda a semana. O Cruzeiro voltou a todo vapor.

Aos 6min, contudo, Anselmo Ramón jogou para longe uma chance incrível: Montillo fez uma jogada maravilhosa, driblou Renan Ribeiro e cruzou para Anselmo Ramon. Sem goleiro, o atacante pegou de primeira e mandou por cima do gol.

Depois do bom início celeste, o Atlético-MG reequilibrou o jogo. Porém, o Cruzeiro diminuiu a vantagem do arquirrival. Diego Renan cruzou pelo lado direito, a bola desviou em Pierre e sobrou para Anselmo Ramon, que se aproveitou de uma falha de Renan Ribeiro para cabecear para a rede aos 14min.

Com o time estrelado em melhor momento, Cuca fez modificações para tentar engatar contra-ataques. E foi em um lance deste tipo que o volante Fillipe Soutto acertou a trave de Fábio aos 31min da etapa final. No rebote, Guilherme chutou para o alto. Apesar da oportunidade, quem marcou foi o Cruzeiro. Anselmo Ramon recebeu de Montillo e apenas empurou para o gol, aos 34min.

Três minutos depois, Pierre fez falta em Montillo e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso de campo. Depois disso, as duas equipes não criaram grande oportunidades de gol e o jogo terminou em um empate.

Ficha técnica

ATLÉTICO-MG 2 x 2 CRUZEIRO

Gols
ATLÉTICO-MG:
Danilinho, aos 24min, e André, aos 38min do 1º tempo
CRUZEIRO:
Anselmo Ramón, aos 14min e aos 34min do 2º tempo

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Marcos Rocha, Rafael Marques, Réver e Richarlyson; Pierre, Fillipe Soutto, Danilinho e Bernard (Neto Berola); Guilherme (Luiz Eduardo) e André (Mancini)
Treinador: Cuca

CRUZEIRO: Fábio; Marcos (Everton), Victorino, Léo e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira e Montillo; Wallyson (Roger), Wellington Paulista (Walter) e Anselmo Ramón
Treinador: Vágner Mancini

Cartões amarelos
ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro, André, Danilinho, Pierre, Luiz Eduardo, Marcos Rocha
CRUZEIRO: Wellington Paulista, Montillo, Léo, Roger, Anselmo Ramon, Leandro Guerreiro

Árbitro
Renato Cardoso Conceição

Local
Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

Com informações da Lancepress!




Fonte: Terra
publicidade