PUBLICIDADE
Logo do

Atlético-GO

Favoritar Time

Atlético-GO repudia caso de racismo relatado por Fellipe Bastos, do Goiás

9 mai 2022 18h25
ver comentários
Publicidade

Nesta segunda-feira, o Atlético-GO divulgou uma nota oficial em que repudia o caso de racismo relatado por Fellipe Bastos, do Goiás, no enfrentamento entre as equipes no último domingo, pelo Brasileirão. O Dragão também anunciou que fará uma investigação sobre o ocorrido.

"O Atlético Clube Goianiense repudia a atitude de racismo denunciada pelo atleta Felipe Bastos do Goiás .Desde os primeiros instantes após o relato, instauramos um minucioso processo de investigação e estamos em busca do esclarecimento do fato e de seu responsável", escreveu o clube nas redes sociais. 

"A apuração ocorre de forma responsável e com os devidos cuidados para não acusarmos ninguém de forma indevida ou cometermos injustiças", acrescentou.

Após a partida, que teve vitória do Goiás por 1 a 0, Fellipe Bastos foi às redes sociais para denunciar o caso. O jogador disse que foi chamado de macaco duas vezes por um torcedor do Atlético-GO.

"Hoje era pra ser um domingo 100% feliz, pelo dia das mães e pela nossa vitória no clássico. Mas, infelizmente, aconteceu o que parece ter virado rotina nas arquibancadas de futebol. Fui chamado duas vezes de macaco por um 'torcedor' do Atlético durante o clássico de hoje, o que me deixa imensamente triste. Mais um episódio lamentável de racismo, que já passou da hora de acabar. Não há mais espaço para pessoas e atitudes desse nível", escreveu Fellipe Bastos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade