0

Arsenal perde Mkhitaryan para final da Liga Europa por temores de segurança

21 mai 2019
12h36
  • separator
  • 0
  • comentários

O meio-campista Henrikh Mkhitaryan não integrará o elenco do Arsenal que disputará a final da Liga Europa contra o Chelsea em Baku, capital do Azerbaijão, informou o time inglês nesta terça-feira.

Meio-campista do Arsenal Henrikh Mkhitaryan
16/12/2018
Action Images via Reuters/John Sibley
Meio-campista do Arsenal Henrikh Mkhitaryan 16/12/2018 Action Images via Reuters/John Sibley
Foto: Reuters

A participação do jogador da Armênia era dúvida por causa do conflito em andamento entre seu país natal e o Azerbaijão.O Arsenal vinha trabalhando com a Uefa para garantir a segurança do jogador na decisão de 29 de maio."Exploramos minuciosamente todas as opções para Micki integrar o elenco, mas depois de debatê-lo com Micki e sua família concordamos coletivamente que ele não viajará conosco", disse o Arsenal em comunicado."Escrevemos à Uefa expressando nossas profundas preocupações com esta situação. Micki foi um jogador essencial em nossa jornada até a final, por isso esta é uma grande perda para nós da perspectiva do time"."Também estamos muito tristes que um jogador vá perder uma grande final europeia em circunstâncias como esta, já que é algo que só acontece muito raramente na carreira de um jogador".Mkhitaryan disputou 39 partidas pelo Arsenal em todas as competições nesta temporada e marcou 6 gols. O jogador de 30 anos conquistou o título da Liga Europa com o Manchester United em 2017.Na semana passada, o Arsenal manifestou a decepção com a distribuição de ingressos da final e exortou a Uefa a explicar sua decisão de realizar o evento de destaque no Azerbaijão.A Uefa defendeu a decisão dizendo que uma final exclusivamente inglesa não era um acontecimento previsível no momento em que o local foi decidido, e prometeu trabalhar com os dois times para auxiliar os torcedores.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade