0
Logo do Seleção Argentina
Foto: terra

Seleção Argentina

Presença do presidente, tumulto e aglomerações: as primeiras horas do velório de Maradona

26 nov 2020
09h07
atualizado às 09h22
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em luto oficial de três dias, a Argentina está toda voltada para o velório de Diego Armando Maradona. A presença diversas pessoas importantes é esperada na Casa Rosada para a despedida do ídolo, entre elas, o presidente do país, Alberto Fernández, que cancelou todos os compromissos pelos próximos dias.

Além disso, o que se viu nas primeiras horas foi uma grande aglomeração. Milhares de fãs do ex-jogador tomaram as ruas, obrigando a polícia a criar barreiras para manter o mínimo de distanciamento social. Logo que a Casa Rosada foi aberta, houve grande tumulto, e os policiais que estavam no local tiveram que intensificar os cordões e até usar bombas de gás para conter brigas e empurrões.

Maradona faleceu nesta quarta-feira, após uma parada cardiorrespiratória. O ídolo tinha 60 anos, e é considerado um dos maiores jogadores de todos os tempos. Para muitos argentinos, o craque foi melhor até do que Pelé. Don Diego foi o grande responsável pelo título da Copa do Mundo de 1986 da Argentina.

Veja também:

Ceni tem o 2º pior aproveitamento do Fla nos últimos 10 anos
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade