0
Logo do América-MG
Foto: Divulgação

América-MG

América-MG vence Juventude e dispara na liderança da Série B

28 jul 2017
21h21
atualizado às 21h21
  • separator
  • comentários

O América-MG está cada vez mais líder. Na noite desta sexta-feira, o Coelho venceu o Juventude por 1 a 0, no estádio Alfredo Jaconi, e alcançou os 33 pontos na tabela. O único gol da partida foi marcado pelo atacante Bill em cobrança de pênalti. O time gaúcho, que liderou por um tempo a Série B, chegou à quinta partida sem vencer e pode sair do G4.

Os dois times entraram em campo desfalcados. O América-MG não teve o meia Ruy, com uma lesão na panturrilha direita, e sem Renan Oliveira, com a uma contusão. Assim, Neto Moura substituiu o meio Ruy. Enquanto isso, o Juventude, não contou com o goleiro Matheus Cavichioli, substituído pelo experiente Oliveira. Além dele, o zagueiro Ruan teve uma lesão muscular na coxa esquerda e deu lugar a Micael. Outra ausência foi Fahel, assim Wanderson iniciou o jogo.

As duas equipes retornam a campo na terça-feira pela 18ª rodada da Série B. Às 19h15 (de Brasília), o Juventude encara o Figueirense no Estádio Orlando Scarpelli. Mais tarde, às 20h30 (de Brasília), no Estádio Independência, o América-MG recebe o Londrina.

O JOGO

A partida começou pegada. Nos segundos iniciais, Wanderson cometeu falta no Luan. A bola foi alçada na área, mas a zaga do time gaúcho afastou. No lance seguinte, o atacante do Juventude Tiago Marques recebeu lançamento e, na entrada da área, pegou de primeira. O chute forte foi defendido em dois tempos pelo goleiro João Ricardo.

Aos 10 minutos, Luan recebeu na área e marcado por dois defensores sofreu falta de Domingues. O árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, o goleiro Oliveira pulou para o lado direito e o atacante Bill chutou no meio abrindo o marcador.

Dois minutos depois, o América-MG quase ampliou. A zaga do Juventude se atrapalhou e Ernandes finalizou. O goleiro Oliveira salvou a equipe gaúcha.

Aos 16 minutos, o atacante Caion recebeu na área de costas para a marcação. O jogador do Juventude foi tocado e se atirou. O árbitro parou o lance e aplicou o cartão amarelo por simulação.

Em lindo lance pela esquerda de ataque, o atacante Bill fez belo passe de calcanhar para Ernandes, que invadiu a área e chutou cruzado alto. A bola passou muito perto da trave. Quase que o América-MG marcava o segundo gol.

Aos 34 minutos, o Juventude chegou com perigo ao gol americano. Leílson tentou o cruzamento, a bola foi em direção à meta e João Ricardo, atento no lance, espalmou para escanteio.

O Juventude tinha mais posse de bola e tentava pressionar o América-MG, mas sem qualidade esbarrava na boa marcação do time mineiro. Quando o Coelho tinha a bola chegava com bastante perigo ao gol adversário.

SEGUNDO TEMPO

Os treinadores não mexeram nas equipes durante o intervalo e os times retornaram a campo com os mesmos jogadores da etapa inicial. A segunda etapa começou com muita movimentação, com os dois times buscando bastante o ataque, mas pecando no momento de finalizar.

Com poucos espaços para concluir, aos 12 minutos, Ernandes observou que o goleiro Oliveira estava adiantado e chutou forte no gol, mas a bola passou à esquerda da meta mineira.

Aos 18 minutos, o preparador físico Anselmo Sbragia, do Juventude, que estava fazendo o trabalho de aquecimento dos jogadores foi expulso pelo árbitro Leandro Marinho após se desentender com o juiz.

Luan teve ótima oportunidade para ampliar. Aos 24 minutos, Hugo Almeida viu o jogador passando livre na outra ponta e lançou o atacante. Luan dominou e chutou forte para fora.

O Juventude respondeu na lance seguinte. O atacante Ramon invadiu a área pela esquerda de ataque e passou para Caion, que deu um toquinho na bola. A redonda bate na trave e passa na frente do gol, mas ninguém apareceu para concluir.

Aos 27 minutos, em cobrança de falta, Bruno Collaço mandou para a área, o zagueiro Micael chegou primeiro que o goleiro João Ricardo e cabeceou, mas a bola bateu na parte superior da rede pela lado de fora.

Em contra-ataque do América-MG, Luan recebeu na esquerda e lançou Hugo Almeida dentro da área. O atacante surgiu nas costas do zagueiro Micael, mas pegou mal na bola e mandou para fora.

Aos 35 minutos, em cobrança de falta, Hugo Cabral bateu com perfeição, mas o goleiro Oliveira saltou e com as duas mãos espalmou a bola para escanteio.

Com a vantagem no placar, a equipe do América-MG soube segurar a pressão do Juventude até o apito final do árbitro.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 0 x 1 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Alfredo Jaconi, Caxias do Sul (RS)

Data: 28 de julho de 2017, sexta-feira

Horário: 19h15 (Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

GOLS

América-MG: Bill, aos 11 minutos do primeiro tempo

CARTÕES AMARELOS

Juventude: Caion, Lucas, Domingues

América-MG: Zé Ricardo, Rafael Lima, João Ricardo

JUVENTUDE: Oliveira; Tinga, Micael, Domingues, Bruno Collaço; Wanderson, Lucas (Ramon), Wallacer (Caprini), Leílson; Caion (Juninho) e Tiago Marques

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Juninho, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Zé Ricardo, Neto Moura (David) e Ernandes; Matheusinho (Hugo Cabral), Bill (Hugo Almeida), Luan.

Técnico: Enderson Moreira

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade